Agda Santos traz 2 ouros do Atletismo Master no Rio

Atleta da APA/Semepp ainda melhorou seu tempo nos 100m rasos, que há quatro anos no master era de 14"46 e abaixou para 14"26; no total, somando as medalhas de prata, foram 4 pódios

Esportes - OSLAINE SILVA

Data 26/07/2021
Horário 16:27
Foto: Cedida
Agda Santos volta para casa feliz com as conquistas penduradas no pescoço e o sorriso atrás da máscara
Agda Santos volta para casa feliz com as conquistas penduradas no pescoço e o sorriso atrás da máscara

“Foram dois dias de competições onde participei dos 100m [metros] rasos e 200m rasos conquistando segundo lugar nas duas provas, e o mais importante foi que, mesmo no final da minha categoria, ainda consegui melhorar minha marca nos 100m rasos. Meu melhor tempo no Master há quatro anos era de 14"46, e consegui abaixar para 14"26!”, comemora Agda Santos, atleta de 54 anos, da equipe APA/Semepp de Presidente Prudente e, que competiu no fim de semana no 28º Campeonato Estadual de Atletismo Master, no Centro de Treinamento Vila Militar em Deodoro, no Rio de Janeiro
E pra voltar para casa com um gostinho ainda mais saboroso, Agda subiu no lugar mais alto do pódio em outras duas provas, conquistando a douradinha tão cobiçada. Ela participou do Revezamento 4x100m e 4x400m, conquistando o tão almejado ouro nas duas provas. Isso mesmo, ouro nas duas.
“Fiquei imensamente feliz. Tive que optar por não participar da prova dos 400m rasos, pois antecedia o revezamento 4x100. Não daria tempo de me preparar. Estou muito feliz com os resultados e as medalhas conquistadas, e, principalmente por superar minhas próprias marcas”, vibra a atleta máster.
Agda diz que agora volta a se preparar para o Campeonato Estadual Paulista de Atletismo Master, que será realizado já no próximo mês, nos dias 21 e 22. Mas os trabalhos estarão focados mesmo é para o Campeonato Brasileiro, que será no mês de outubro, em Cascavel (PR).
“É muito importante agradecer o apoio que tive da Secretaria Municipal de Esportes de Prudente, em especial ao André Domingos [secretário], ao doutor Enio Luiz Tenório Perrone, a APA e ao meu técnico e amigo Inaldo Sena, que tem toda paciência do mundo pra me treinar [risos], às vezes são 21h e ele está lá comigo!”, reconhece todo apoio recebido a atleta.

 

Veja também