Alteração de horários de ônibus volta a gerar reclamações entre usuários de PP

Desta vez, queixas recaem sobre mudança promovida pelas empresas do setor na linha que atende o complexo residencial Damha

PRUDENTE - VICTOR RODRIGUES

Data 31/08/2016
Horário 15:36

 


A recente alteração nos horários de ônibus que atendem o complexo residencial Damha, em Presidente Prudente, tem gerado reclamações das pessoas, sobretudo daquelas que trabalham nas casas do condomínio, como as domésticas e diaristas. É o caso de Aparecida do Nascimento, 40 anos, que trabalha como doméstica em uma casa do complexo. De acordo com ela, a linha que a leva e traz do trabalho vai do Jardim Planalto ao Jardim Alto da Boa Vista, e passava pelo ponto a cada 40 minutos, e agora a cada uma hora. "O horário foi alterado sem antes nos comunicar. Ficamos sabendo depois. Não nos comunicaram, nem nos consultaram", relata.

Jornal O Imparcial Conforme usuários da linha de ônibus que atende o complexo residencial Damha, empresas não os comunicou sobre mudanças

Aparecida diz que o horário do fim da tarde tem prejudicado a logística para aqueles que têm que pegar o filho na escola, ou na creche. A partir das 15h, as funcionárias começam a sair do trabalho. Outra doméstica, Sandra Fernandes, 37 anos, também se queixa da mudança sem aviso prévio e diz que os horários de sábado são "desajustados". "Nunca sei qual horário ir para o ponto. Domingo essa linha não circula, e eventualmente tenho que trabalhar no dia de folga, e preciso recorrer ao mototáxi ou táxi, que fica bem mais caro", declara.

Celis Ferreira, 60 anos, vendedora, também usa a linha para trabalhar. "As mudanças deveriam ser feitas depois de consultar a gente, que usa o serviço, mas tudo foi mexido sem a gente saber", lamenta.

A reportagem procurou o CGO (Centro de Gerenciamento Operacional) da TCPP (Transporte Coletivo de Presidente Prudente) e Pruden Express para tratar o assunto, e, segundo o coordenador de operação das empresas, José Ricardo Góis, a alteração foi feita na semana passada, para ajustar a jornada de trabalho dos motoristas. Ele diz ainda que não houve mudança nos horários de pico. Das 6h às 8h30, segundo ele, os ônibus correm como antes. Depois, passa a ser de hora em hora, até às 15h. De manhã é a cada 30 minutos, no entre pico é de hora em hora e, após as 15h, é a cada 45 minutos. "Evidentemente estamos monitorando e, se for necessário colocar ônibus extras, vamos colocar", comenta.

José Ricardo relata que nos dois primeiros dias da mudança não havia ônibus às 15h45, mas para atender os pedidos dos usuários, a linha colocou um novo horário.

Os horários da tarde para quem sai do Damha são: 15h, 15h45, 16h, 16h30, 17h, 17h15, 18h e 18h45. "No domingo, a linha não circula por falta de demanda, mas é suprida pela linha Furquim – Liberdade. No sábado, Planalto – Boa Vista roda até às 13h. Se precisar alterar algo, vamos estudar para ajustar melhor às necessidades dos usuários", garante o coordenador.

 

Veja também