André e Quirino aguardam anúncio para levar tocha

Esportes - Jefferson Martins

Data 17/01/2016
Horário 05:45
 

Acostumados a fortes emoções e grandes conquistas, os medalhistas olímpicos Claudinei Quirino e André Domingos aguardam e se preparam para mais uma: conduzir a Tocha Olímpica, pelas ruas de Presidente Prudente. A dupla, que, juntamente com Edson Luciano e Vicente Lenílson conquistou a prata nas Olimpíadas de Sidney foi pré-selecionada pelo COB (Comitê Olímpico Brasileiro) e aguarda apenas o anúncio oficial, previsto para ocorrer em 29 de fevereiro.

Para André que também fez parte do quarteto que levou o bronze em 1996 nos jogos de Atlanta, será a segunda oportunidade de conduzir o fogo olímpico, já que antes de Atenas foi convidado pelo COB. Entretanto espera que isso ocorra na cidade que o projetou para o cenário mundial da modalidade. "Ainda não recebi nenhum comunicado, mas acredito que não vai haver problema", aguarda. Em contrapartida, Quirino já foi confirmado, porém, por um dos patrocinadores master do evento: a Nissan. "Eu vou pela Nissan. Já recebi o e-mail, mas não sei por onde. Gostaria de levar a tocha em Prudente, para mim seria uma honra. Para qualquer atleta que representou a cidade é muito legal", fala.

Jornal O Imparcial "Vai ser uma honra conduzir a Tocha em Prudente", afirma Quirino

A escolha de Prudente se deu por conta da conquista do revezamento 4x100 metros, já que o comitê fez uma triagem nos municípios que contam com atletas com história olímpica. "É uma forma muito respeitosa de nos homenagear. A tocha está vindo para Prudente por conta da nossa história no revezamento 4x100 m. É maravilhoso passar pela nossa cidade, é um motivo de muito orgulho e é bacana ver que estamos sendo lembrados por algo que marcou. E através deste feito beneficiar outras pessoas que fizeram história dentro do esporte, por exemplo, o Inaldo Sena e o Eronildes Araújo", afirma André.

 

História

A tocha é um importante símbolo dos jogos e representa a paz, a união e a amizade. O fogo olímpico é aceso em Olímpia na Grécia, passa pelas cidades do país até chegar a Atenas, de onde embarca para a sede do evento. O objeto chega a capital do Brasil em maio, e passará pelos mais diversos estados. A partir daí começa o revezamento, antes de chegar ao Rio de Janeiro, em 5 de agosto.

Na capital do oeste paulista, o percurso e a data foram conhecidos na última semana. Em 27 de junho, cerca de 40 pessoas, entre esportistas, ex-atletas, autoridades e pessoas comuns terão o privilégio de carregar a tocha. "Seria legal ver ainda, outras pessoas que fizeram e fazem algo pelo esporte em Prudente, como é o caso, por exemplo, da Valéria Kumizaki", pondera Quirino.

 

Veja também