Apito do trem

OPINIÃO - Arlette Piai

Data 15/09/2020
Horário 04:11

Nosso país historicamente está entre os pioneiros do mundo em transporte ferroviário. O Reino Unido, ícone da revolução industrial, tem a primeira rota de transporte ferroviário em meado do século XIX. Nesta mesma época, D. Pedro II com sua lucidez percebeu que a rede ferroviária deveria ser o transporte de massa ideal para um país de dimensões como o nosso. No Brasil Império, foram construídas as primeiras ferrovias, antes de muitas nações desenvolvidas da Europa.    
Com a infraestrutura iniciada no século anterior, o Brasil abre o século XX com “pé nos trilhos”; entretanto, o descaso dos políticos impediu a continuação do seu desenvolvimento.  Ainda: na primeira metade do século XX, os cofres públicos foram abertos para obras faraônicas, que se rendiam à majestade dos automóveis, caminhões e aos novos donos da grana que conduziram a óbito as ferrovias para favorecer exclusivamente suas “galinhas de ovos de ouro”. 
Em Presidente Prudente e região, conseguiram exterminar até mesmo os trilhos da - Estrada de Ferro Sorocabana - gênese da nossa cidade e cidades vizinhas. Foi ato de crueldade mesmo, criminoso visando lucros gigantes de alguns em detrimento de todos. E foram surgindo mil fatos de interesses que levaram ao fracasso a malha ferroviária também de quase todo o nosso país, e o golpe fatal foi dado com sua privatização à ALL (América Latina Logística).  
Hoje o Brasil se rende aos caminhoneiros se não quiser entrar em colapso econômico, além de ter aumentado as mortes nas estradas, já que não existem sequer nem vagões do trem de ferro para escoamento de mercadorias. Lamentável, né leitor.  
Há décadas continua a luta de prudentinos batalhadores e da UEPP (União das Entidades de Presidente Prudente e Região) pela revitalização da nossa ferrovia. E hoje se soma também a necessidade do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) para atuar no transporte coletivo do nosso município e interligar aos municípios vizinhos. O VLT é um meio de transporte rápido, eficiente, barato, confortável, mas até agora nada!  
Leitor, precisamos de vereadores atuantes e prefeito gestor, porque é muito fácil Prudente degringolar para sempre como ocorreu com Botucatu, por exemplo; e mais rápido que imaginamos. Portanto, queremos saber dos candidatos ao Executivo e Legislativo o que farão nesses dois quesitos caso sejam eleitos. Com a palavra futuros prefeitos e vereadores. Teremos o prazer de gravá-los...
 

Veja também