Apolinario Luis: “detentor de um sorriso contagiante”

Ex-diretor do Sindicato dos Trabalhadores Hoteleiros de Prudente faleceu nesta segunda-feira, vítima de uma parada cardíaca, aos 60 anos

PRUDENTE - WEVERSON NASCIMENTO

Data 11/05/2021
Horário 18:42
Foto: Reprodução/Redes Sociais  
Apolinario era conhecido por pela alegria e sorriso estampado no rosto
Apolinario era conhecido por pela alegria e sorriso estampado no rosto

Uma canção de Gilberto Gil diz que “há de surgir uma estrela no céu cada vez que você sorrir”. Essa canção, portanto, foi escolhida para relatar a partida do ex-diretor do Sindicato dos Trabalhadores Hoteleiros de Presidente Prudente, Apolinario Luis dos Santos, que faleceu nesta segunda-feira, vítima de uma parada cardíaca, aos 60 anos. Sorriso, como era carinhosamente conhecido pelos amigos, também atuou como atendente de alguns restaurantes prudentinos, onde conquistou o público com sua simpatia.  
O filho, Diego Mauro dos Santos, diz que o pai sempre foi uma pessoa muito positiva e, que, por isso, ganhou o apelido de Sorriso. “Meu pai era dono de uma alegria contagiante e isso o marcou em todos os seus trabalhos”, expõe. 
O amigo e diretor tesoureiro do Sindicato dos Trabalhadores Hoteleiros, Jadir Rafael da Silva, por sua vez, diz que Apolinario sempre foi um profissional gabaritado e dono de uma alegria indescritível, que, inclusive, contagiava todos à sua volta. “Ele atendia as pessoas com um sorriso no rosto e transmitia sua alegria envolvente”, relembra. “Todos eram tomados por suas histórias e o seu jeito único de atender”, acrescenta. 
Nas redes sociais, Mauricio Tamada prestou condolências à família e fez uma homenagem a Apolinário. “O Sorriso estará para sempre em nossos corações e será lembrado pela competência e atendimento, daÍ o apelido. Vai na paz, irmão. Saudades eternas!”

Trabalho exemplar

Apolinario esteve à frente do Sindicato dos Trabalhadores Hoteleiros de Presidente Prudente, em meados da década de 90, onde reforçou sua competência e trabalho exemplar, como conta o atual diretor tesoureiro. Ele também atuou por 20 anos no H2 Chopp, teve uma passagem pelo Pesqueiro Guarinão e atualmente trabalhava no Mika Lanches. 
Nas redes sociais, o Mika Lanches comunicou seus clientes sobre o falecimento do amigo e colaborador. “A alegria que ele externava era luz para todos e não esqueceremos nunca. Ele faleceu nessa noite fazendo o que mais gostava de fazer: trabalhar. Que Deus o receba em sua morada. Vai em paz, amigo”.
Sorriso foi sepultado nesta terça-feira, por volta das 16h45, no Cemitério Municipal São João Batista, em Presidente Prudente. Ele deixa três filhos. 

Veja também