As provações

ALINE MARTINS - Da Redação

COLUNA - DA REDAÇÃO

Data 18/09/2021
Horário 09:36

E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século. Mateus 28:20

Com o coração cheio de orgulho, Nabucodonosor mandou construir uma grande estátua de ouro. Queria que todos lhe prestassem homenagem, adorando e prostrando-se diante de sua imagem.

Ordenou que uma grande orquestra fosse preparada e, quando os sons dos instrumentos fossem ouvidos, todos na vasta planície, na frente da estátua, deveriam ajoelhar-se e adorá-la. Quem não fizesse isso seria jogado numa fornalha. Os três amigos de Daniel estavam presentes e, como serviam apenas ao Deus verdadeiro, não adoraram a estátua. Foram denunciados e levados diante do rei sob a acusação de que não respeitavam a ordem imperial.

Nabucodonosor ficou furioso. Mandou buscá-los, pediu explicações e deulhes outra oportunidade para se livrarem da fornalha ardente. Mas eles disseram: “Quanto a isto não necessitamos de te responder. Se o nosso Deus, a quem servimos, quer livrar-nos, Ele nos livrará da fornalha de fogo ardente e das tuas mãos, ó rei” (Dn 3:16, 17).

Com essas palavras, o rei se enfureceu mais ainda. Mandou que homens fortes os amarrassem com suas roupas e capas e os jogassem na fornalha que havia sido aquecida sete vezes mais. O calor foi tão forte que matou os soldados que os jogaram na fornalha.

De repente, o rei se espantou ao olhar para a fornalha. Ele perguntou: “Não lançamos nós três homens atados dentro do fogo? Responderam ao rei: É verdade.” Então ele disse: “Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo sem nenhum dano; e o aspecto do quarto é semelhante a um filho dos deuses” (Dn 3:24, 25).

Deus protege aqueles que honram Seu nome. Pense nisto: na planície estava uma grande multidão ajoelhada e adorando uma estátua, mas Deus não estava com eles. Entretanto, dentro da fornalha, os três hebreus andavam como se passeassem numa praia, tendo a companhia de Alguém diferente. Jesus estava com eles.

Se tivermos que enfrentar provações para seguir a verdade e adorarmos ao Deus verdadeiro, tenhamos esta certeza: Jesus também estará conosco. É melhor estar com Jesus, mesmo sendo provados, com a certeza da vida eterna, do que estar com a multidão e ter a total incerteza quanto à vida futura.

Rodolpho Gorski, 10/5/2003

Veja também