Baixa umidade do ar na região pode chegar a níveis críticos até domingo

De acordo com Defesa Civil, índice deve ficar abaixo dos 12%, sendo que limite ideal estabelecido pela OMS vai de 50% a 70%

PRUDENTE - CAIO GERVAZONI

Data 22/07/2021
Horário 17:08
Foto: Weverson Nascimento
Julho e agosto são os meses mais secos na região
Julho e agosto são os meses mais secos na região

A Defesa Civil do Estado de São Paulo informa que, até domingo, os níveis de umidade relativa do ar podem ficar abaixo dos 12%, o que é considerado crítico, no oeste paulista. O limite ideal estabelecido pela OMS (Organização Mundial de Saúde) vai de 50% a 70%. A região de Presidente Prudente enfrenta um longo período de estiagem e agora, com o ar mais seco, a população deve sentir o aumento no risco de problemas respiratórios, gripes e alergias. 

De acordo com professor Alexandrius de Moraes Barbosa, responsável pela Estação Meteorológica da Unoeste (Universidade do Oeste Paulista), o tempo seco está relacionado a um sistema de alta pressão que atua sobre a região. “Após a passagem de um sistema frontal [frente fria], predomina um sistema de alta pressão [baixa umidade]”, explica o docente.

Segundo ele, estas características são mais frequentes nesta época do ano. “Julho e agosto são os meses mais secos. Temos menos sistemas atmosféricos trazendo umidade para região”, completa. Conforme indica o professor Alexandrius, os índices de umidade devem voltar a se estabilizar somente a partir de setembro, com o retorno das chuvas. 

Queimadas

O gestor da Compdec (Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil), Renato Gouvea de Jesus, orienta a população a não botar fogo em terrenos baldios ou em qualquer tipo de vegetação, pois, além do risco de provocar incêndios florestais, é crime ambiental. “As queimadas prejudicam ainda mais a qualidade do ar. Neste período do ano, é muito comum a gente ter o aumento do número de ocorrências de fogo em cobertura vegetal no município”, atenta Renato. 

Entre outras recomendações, o coordenador da Compdec alerta para que atividades físicas sejam feitas antes das 10h e após às 16h, por causa do alto risco de exposição aos raios UVs (ultravioleta). “É importante consumir bastante água, usar soro fisiológico nos olhos e narinas, umedecer o ambiente com toalhas molhadas e recipientes com água e evitar que objetos, como tapetes, cortinas e pelúcias, acumulem poeira”, pontua. 

Serviço

A Defesa Civil do município emite alertas diários, por meio de SMS, para a população. Para cadastrar-se, basta enviar uma mensagem para o número 40199 com o CEP (Código de Endereçamento Postal) do local onde a pessoa, que deseja receber os alertas, mora.

Veja também