Caminhada em agradecimento em Santo Expedito

Turismo Religioso - JOSÉ COSTA

Data 22/12/2020
Horário 04:28
Foto: Cedida
Alguns locais da cidade estão iluminados neste Natal
Alguns locais da cidade estão iluminados neste Natal

Luiz Augusto é um morador da zona rural de Presidente Bernardes que, para agradecer uma graça alcançada por intercessão de Santo Expedito, todos os dias 19 tem como promessa visitar o santuário. Esse trajeto é feito em caminhada pelo acostamento da Rodovia Júlio Budiski (SP-501). Ele vai até Alfredo Marcondes de carro, deixa o veículo estacionado próximo ao cemitério daquela cidade e segue andando em marcha moderada até Santo Expedito. Faz suas orações em silêncio como agradecimento e, retorna em caminhada até onde deixou o seu veículo. Ele afirmou à coluna que se sente aliviado por muitas coisas, e fica ansioso para a chegada do próximo mês.

Valorização

Até o anúncio do início das obras do prédio para abrigar o santuário, muito não viam como um projeto que chegaria à realidade. Um conjunto habitacional foi construído na cidade no início da Júlio Budiski e o que se comenta é que é um local cujos imóveis estão valorizando, pela aproximação do santuário. As propriedades no entorno da obra, da mesma forma, estão ganhando mais valor.

Mais uma história

Recebemos de um leitor a seguinte informação, que foi verificada pela coluna: “A XII Legião tinha o nome de Fulminata, nome que significa algo como ‘vem como um raio’. A Fulminata tinha cerca de 8 mil homens contando soldados, escravos e cavaleiros. No tempo de Expedito, ela defendia as fronteiras orientais do Império Romano contra os bárbaros asiáticos. Expedito comandou a XII Legião de 296 a 303 d. C. Para ser comandante de uma Legião Romana era preciso muita competência e bravura. Tanto que, alguns anos antes, a mesma XII Legião tinha sido comandada por um imperador romano, Marco Aurélio, numa campanha onde hoje é a Eslováquia. Sabe-se que Expedito era um líder competente. Seu cargo equivaleria hoje ao de um general. Ele se tornou famoso por manter a disciplina dos soldados e todos o respeitavam. Por outro lado, como a maioria dos soldados romanos, o comandante Expedito tinha uma vida devassa, rodeada de luxo, prazeres e fama.

As missas

As missas de Natal e de ano novo já foram definidas e, segundo padre Umberto, em cumprimento ao protocolo baixado pelos responsáveis pelo trabalho de evitar contágio da Covid-19, serão para apenas 100 pessoas. Ficou definido e, como já divulgado, que será tudo pela ordem de chegada dos fiéis. Padre Umberto diz que é uma situação difícil, pois entende que todos querem estar presentes nas missas, mas, como o espaço é pequeno, a orientação é chegar primeiro para garantir o lugar. E isso vale até mesmo para pessoas de outras comunidades que se declaram fiéis de Santo Expedito.

2021

Nada ainda foi divulgado em relação às festas de Santo Expedito para o próximo ano. Segundo consta, as autoridades aguardam a situação da pandemia e a sua posição na evolução em nível de São Paulo. Certamente as autoridades irão decidir, de acordo com os resultados que forem apresentados, o formato da próxima festa.

Presença

Os responsáveis sabem muito bem que romeiros chegarão na cidade e que não existem, até agora, formas de se evitar essas visitas. Como se percebe atualmente neste período, os fiéis chegam com todos os cuidados, com máscaras e álcool em gel, entram no templo, fazem suas orações e se sentem realizados com essas ações. Entendem que, se não houver abusos que coloquem em risco os trabalhos de prevenção, não haverá como proibir.

Iluminação

O município de Santo Expedito iluminou locais da cidade, com trabalho da Prefeitura e materiais cedidos pela paróquia. Padre Umberto afirma que, quando tudo retornar ao normal e o santuário estiver inaugurado, esse trabalho de iluminação será mais amplo para justificar Santo Expedito como MIT (Município de Interesse Turístico).

Veja também