Cão de faro localiza tijolos de maconha em imóvel no Jardim Panorâmico

Homem de 32 anos foi preso em flagrante por tráfico de drogas; segundo a polícia, ele já tem passagens criminais pelo mesmo crime

PRUDENTE - ROBERTO KAWASAKI

Data 19/11/2019
Horário 10:57
Polícia Militar - Drogas foram localizadas aos fundos do imóvel. Foto: Polícia Militar - Drogas foram localizadas aos fundos do imóvel.

“Brusk”. Esse é o nome do cão de faro que ajudou a prender um homem por tráfico de drogas no Jardim Panorâmico, em Presidente Prudente. Na segunda-feira, equipes do 8º Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia) e o Canil estiveram no endereço para capturar o acusado, que era procurado pela Justiça. Na casa, os policiais apreenderam dois tijolos de maconha que seriam fracionados e comercializados.

A ação se desenvolveu em um imóvel na Rua Altair Oriovaldo Gibim. Segundo a polícia, o acusado tem 32 anos e é reincidente pela prática do tráfico de drogas. Após a captura, o homem foi conduzido à Central de Flagrantes e permanece à disposição da Justiça.

Tentativa de fuga

Depois que o Baep recebeu informações de que o acusado comercializava drogas no bairro, e que tinha contra ele dois mandados de prisão expedidos na segunda-feira, as equipes se deslocaram à casa e visualizaram o rapaz no portão.

No momento em que viu as viaturas, ele correu para o fundo da residência e quebrou um aparelho celular que estava em sua mão, arremessando outro na rua dos fundos.

No entanto, a tentativa de fuga foi frustrada e ele acabou sendo contido pelos militares, cientificado dos mandados em desfavor.

Como havia denúncias sobre tráfico, o Canil do Baep foi acionado e iniciou buscas na casa. Foi então que o cão de faro Brusk encontrou, aos fundos do imóvel, uma pilha de materiais para construção que escondia dois tijolos de maconha.

A todo o momento, as buscas foram acompanhadas pela esposa do acusado. No quarto do casal, a equipe apreendeu um pen drive que continha contabilidade do tráfico de drogas, bem como imagens de pacotes de drogas e celulares.

Os materiais foram recolhidos e serão analisados. 

Publicidade
eixosp

Veja também