Cartório eleitoral começa a gerar mídias hoje

A 101ª ZE de Prudente iniciará a inseminação das urnas eletrônicas no dia 19 deste mês, encerrando o procedimento no dia 28

PRUDENTE - MARIANE GASPARETO

Data 16/09/2016
Horário 09:15

 


 

O cartório eleitoral da 101ª ZE (Zona Eleitoral) de Presidente Prudente começa a gerar hoje as mídias com as informações dos candidatos às eleições de 2 de outubro. Conforme o chefe de cartório, Fabiano de Lima Segala, o sistema de candidaturas já foi "encerrado" e a partir das 14h da próxima segunda-feira, as urnas já começarão a ser "inseminadas" com os dados.

Dos 301 candidatos da cidade, os 16 pertencentes às oito chapas para o Executivo municipal estão aptos para o pleito, sendo que dois foram indeferidos, mas apresentaram recursos. Houve apenas uma renúncia do concorrente à vereança, Rodrigo Moras de Souza (PSD), e outros seis postulantes ao cargo ficam de fora da eleição porque foram indeferidos.

São eles: Aparecida Constantino (PTdoB); Oswaldo Pereira Jacundino, Boca Preta (PTdoB); Persio Batista de Menezes, Dr. Pérsio, (PMDB); Sandra Aparecida de Souza e Silva (PSDC); Vera Lucia Ferreira de Souza (PTdoB); e Viviane dos Santos Ribeiro Cardoso (PR).

 

Lacração das urnas


O processo de inseminação das urnas é previsto para ter encerramento no dia 28 deste mês, quando deve ocorrer também a cerimônia de lacração dos equipamentos com a presença da Justiça Eleitoral e do MPE (Ministério Público Eleitoral). A Justiça Eleitoral inicia nesta semana, em todo o Estado, o procedimento de carga e lacração nas 112.490 urnas eletrônicas que serão utilizadas pelos 32,6 milhões de eleitores paulistas.

O processo inclui os equipamentos destinados à votação, justificativa e contingência. Por meio da operação, feita urna a urna, são inseridas todas as informações necessárias à realização do pleito: os programas de votação, a relação de eleitores da respectiva seção eleitoral, os dados de partidos, coligações e os nomes e fotos de todos os concorrentes aptos a disputar a eleição, inclusive os que têm registros indeferidos e aguardam julgamento de recursos.

Depois de inseridas todas essas informações, as urnas eletrônicas são lacradas e estão prontas para serem utilizadas nas eleições – a máquina lacrada só realiza operações em dia e horário pré-determinados.

 

Veja também