Cercamento com alambrado visa proteger área de sítio paleontológico

No terreno, localizado entre o Parque dos Girassóis e o Condomínio Residencial São João, foram encontrados fósseis de animais com cerca de 70 milhões de anos

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 28/07/2020
Horário 16:56
Marcos Sanches/Secom - Trabalhos foram iniciados na última semana e devem ser concluídos nos próximos dias Foto: Marcos Sanches/Secom - Trabalhos foram iniciados na última semana e devem ser concluídos nos próximos dias

A Prefeitura de Presidente Prudente executa o cercamento com alambrado da área tombada como sítio paleontológico na cidade. No terreno, localizado entre o Parque dos Girassóis e o Condomínio Residencial São João, foram encontrados fósseis de animais com cerca de 70 milhões de anos. Os trabalhos são executados pela Semea (Secretaria Municipal de Meio Ambiente) e a Sosp (Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos).

Os trabalhos foram iniciados na última semana e devem ser concluídos nos próximos dias. A próxima etapa é o calçamento no entorno da área. Os recursos para as melhorias no local são provenientes do FID (Fundo Municipal de Defesa dos Interesses Difusos).

O cercamento da área tem como objetivo garantir a preservação e proteção do local, para evitar que haja qualquer tipo de depredação do sítio paleontológico. As benfeitorias atendem ao Decreto 30.661, que trata sobre o tombamento em caráter definitivo das áreas municipais com vestígios paleontológicos.

Com a preservação, a intenção é que no futuro a área possa se tornar um parque paleontológico e uma área que possa receber visitações técnicas de estudantes e de toda comunidade.

A Prefeitura de Prudente também pretende futuramente estabelecer parcerias com instituições de ensino superior da cidade, para elaboração de estudos científicos no local.

O sítio paleontológico de Prudente já recebeu pesquisadores dos Estados Unidos, Argentina e do Museu de Paleontologia de Marília (SP), além de estudantes das universidades Federal e Estadual do Rio de Janeiro.

Veja também