Colar e ficha

Homéro Ferreira

COLUNA - Homéro Ferreira

Data 19/12/2021
Horário 04:19

Questionado sobre as principais realizações de suas atividades legislativas de 2021, o vereador Mauro Neves (Podemos) cita duas leis: a do uso do colar de girassol e a inclusão de mais um item à lei da ficha limpa municipal. 

A IDENTIFICAÇÃO
A lei que instituiu o uso do colar de girassol é destinada à identificação de pessoas com deficiência não visível, para que as mesmas possam ter atendimento condizente às suas necessidades por parte das pessoas e dos serviços públicos e privados. 

SEM CONSTRANGER
O colar de girassol também serve para evitar perguntas e explicações que possam causar constrangimentos. É um instrumento de uso internacional e o vereador propôs a lei ao acatar sugestões de pessoas envolvidas em entidades assistenciais.

MARIA DA PENHA
À lei da ficha limpa municipal, o vereador acrescentou dispositivo da Lei Maria da Penha sobre agressão contra mulheres. Quem estiver nessa condição de agressor condenado não pode ocupar cargo público em comissão e nem de funções gratificadas. 

SEM CHANCE
A lei que impede tais condições alcança a administração direta, indireta e também para o cargo de conselheiro tutelar. Quem estiver no cargo e for condenado poderá perder suas funções no exercício do mandato.

OLHO ABERTO
Neves diz que uma das principais funções dos vereadores é a de fiscalizar. Afirma que tem cumprido com essa obrigação e cita os pedidos de informações sobre o pagamento de outorga pela Prudente Urbano e a questão do ISS (Imposto Sobre Serviços).

REUNIÃO PÚBLICA
Ainda sobre o transporte coletivo urbano, com o rompimento de contrato com a Prudente e durante o processo de contratação emergencial de outra empresa, foi quem propôs reunião publica para amplo debate sobre o assunto.

OUVIDOS ABERTOS
O vereador Mauro Neves conta ao Plantão que sua atuação tem sido pautada pela constante busca de informações e sempre disposto em ouvir as sugestões de pessoas de todo canto da cidade, de vários segmentos social e profissional.

EM NÚMEROS
Quantitativamente, o seu trabalho legislativo apresenta os seguintes números: autor de 14 projetos de lei, de 25 moções, de 193 indicações e 293 requerimentos. Um total de 525 proposituras; além dos atendimentos dentro e fora do seu gabinete na Câmara.

GRANDE TORCIDA
Sobre o ano de 2022, a expectativa do vereador Mauro Neves é de que seja bom para os prudentinos e a todos os brasileiros; torcendo pela retomada econômica e a solução para o grave problema do desemprego.

PELA NORMALIDADE
Desejo associado à esperança de que seja efetivamente retomada a normalidade no mundo, mediante sucesso na prevenção e no tratamento do coronavírus, que já fez mais de 5 milhões de mortes no mundo, em 2020 e 2021.

CANDIDATO EM 2022
O vereador voltou a afirmar ao Plantão que a sua pretensão nas eleições do ano que vem é sair candidato a deputado estadual, com a expectativa de obter a legenda da executiva do Podemos paulista e total apoio da executiva municipal.

Veja também