Covid-19: Governo de SP antecipa vacinação para crianças de 5 a 8 anos

Com todas as doses disponíveis aos municípios, vacinação está aberta às crianças de 5 a 11 anos de idade e agilizará campanha infantil

Geral - DA REDAÇÃO

Data 29/01/2022
Horário 09:45
Foto: Governo do Estado de São Paulo
Decisão levou em consideração a disponibilidade de doses nos postos de vacinação de todo o Estado
Decisão levou em consideração a disponibilidade de doses nos postos de vacinação de todo o Estado

O Governo do Estado de São Paulo antecipou para esta sexta-feira, 28 de janeiro, a vacinação das crianças de 5 a 8 anos de idade contra Covid-19, prevista anteriormente para começar no dia 31 de janeiro. Com 100% das doses da Coronavac e da Pfizer distribuídas aos municípios, o PEI (Plano Estadual de Imunização) abre a vacinação para todas as crianças de 5 a 11 anos de idade.
“A medida vai permitir que os municípios acelerem a vacinação das crianças, fundamental neste momento de grande circulação da variante Ômicron. Mais de 2 milhões de crianças se beneficiam com o novo calendário em todo o estado de São Paulo. Cada dia é fundamental para a proteção das crianças”, destaca Regiane de Paula, coordenadora do PEI.
A decisão levou em consideração a disponibilidade de doses nos 5,2 mil postos de vacinação de todo o Estado e a capacidade de imunização dos municípios. No total, a Secretaria de Estado da Saúde já disponibilizou 4 milhões de doses da Coronavac e 900 mil doses pediátricas da Pfizer. “Todos os municípios têm vacinas suficientes para imunizar todas as crianças de 5 a 11 anos de idade com a primeira dose”.

Vacinação infantil
A vacinação infantil começou no Estado no dia 14 de janeiro com as crianças com comorbidades. Na ocasião, o jovem indígena David foi o primeiro vacinado no país e recebeu a vacina no Complexo do Hospital das Clínicas da Capital. No dia 20, com a aprovação da Coronavac pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), São Paulo ampliou a vacinação e começou a imunizar crianças de 9 a 11 anos.
As crianças de 5 anos e as imunossuprimidas de 5 a 11 anos só podem receber o imunizante da Pfizer, enquanto as demais podem ser protegidas pela Coronavac. “É importante salientar que todas as vacinas aprovadas pela Anvisa são seguras e eficazes”.

Vacinômetro infantil
As informações sobre a vacinação infantil estão disponíveis no Vacinômetro Infantil, lançado pelo Governo de São Paulo no último dia 24, e podem ser conferidas no site Vacina Já, por meio do link www.vacinaja.sp.gov.br, e no portal do Governo de São Paulo (www.saopaulo.sp.gov.br).
No site também é possível fazer o pré-cadastro para a vacinação deste público. Ele é opcional e não é um agendamento, mas agiliza o atendimento nos locais de imunização, evitando filas e aglomerações. Para cadastrar os filhos, os pais ou responsáveis devem acessar o site, clicar no botão “Crianças até 11 anos” e preencher o formulário online.
 

Veja também