Domingo da palavra de Deus

Diocese Informa

COLUNA - Diocese Informa

Data 23/01/2022
Horário 05:00

Em 2019 o papa Francisco instituiu por meio do Motu Proprio “Aperuit illis" o 3º domingo do tempo comum como sendo o Domingo da Palavra de Deus. Com esse documento, o santo padre estabeleceu que “o 3º Domingo do Tempo Comum seja dedicado à celebração, reflexão e divulgação da Palavra de Deus”. “A ignorância das Escrituras é a ignorância de Cristo”, já dizia São Jerônimo. O papa quis responder aos muitos pedidos dos fiéis para que na Igreja se celebrasse o Domingo da Palavra de Deus"O Domingo da Palavra de Deus", sublinha o Pontífice, "situa-se num período do ano que convida a reforçar os laços com os judeus e a rezar pela unidade dos cristãos. Não é uma mera coincidência temporal: celebrar o Domingo da Palavra de Deus expressa um valor ecumênico, porque as Sagradas Escrituras indicam para aqueles que se colocam à escuta o caminho a ser percorrido para alcançar uma unidade autêntica e sólida”. Francisco exorta a viver esse domingo “como um dia solene. Entretanto será importante que, na celebração eucarística, se possa entronizar o texto sagrado, de modo a tornar evidente aos olhos da assembleia o valor normativo que possui a Palavra de Deus. A Bíblia, escreve o papa, “não pode ser patrimônio só de alguns e, menos ainda, uma coletânea de livros para poucos privilegiados (...). Muitas vezes, surgem tendências que procuram monopolizar o texto sagrado, desterrando-o para alguns círculos ou grupos escolhidos. Não pode ser assim. A Bíblia é o livro do povo do Senhor que, escutando-a, passa da dispersão e divisão à unidade. A Palavra de Deus une os fiéis e faz deles um só povo”. A carta se conclui com uma referência a Maria que nos acompanha “no caminho do acolhimento da Palavra de Deus”. “A bem-aventurança de Maria antecede todas as bem-aventuranças pronunciadas por Jesus para os pobres, os aflitos, os mansos, os pacificadores e os que são perseguidos, porque é condição necessária para qualquer outra bem-aventurança.” (Fonte: https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2019).

MINI SERMÃO:

3º Domingo do Tempo Comum (Lc 1,1-4;4-14-21)

 

A Palavra se aproxima da Palavra e proclama a Palavra! Lá falava no templo, hoje fala em nosso coração! Tenhamos nossos olhos fixos n’Ele. Como uma árvore plantada junto aos cursos d’água, assim a alma regada pela Sagrada Escritura cresce e produz fruto, a saber: a fé reta, e está sempre adornada de folhas verdes, isto é, de boas obras. Com a Paixão, Jesus uniu a Palavra ao Sacrifício. Exploremos este magnífico jardim da Sagrada Escritura: perfumado, suave, repleto de flores, que alegra os nossos ouvidos, que toca o nosso coração e o consola quando se encontra triste, o (Autor: padre Rafael Moreira Campos).

AGENDA PAROQUIAL: Paróquia Nossa Senhora de Fátima - Presidente Venceslau

Missas:

Sábado às 19h – Igreja Matriz;                                                                                                                                                                  

Domingo às 19h – Igreja Matriz

 

 

MENSAGEM DA CNBB:

 

A Igreja, em âmbito universal, celebra neste domingo, 23 de janeiro, o Domingo da Palavra de Deus, conforme estabelecido pelo Papa Francisco com o Motu Proprio “Aperuit illis”. No documento, o pontífice definiu que o 3º Domingo do Tempo Comum deve ser dedicado à celebração, reflexão e divulgação da Palavra de Deus.  Já aqui no Brasil, há o incentivo que a data seja lembrada, como forma de conservar a unidade com a Igreja que, em todo o mundo, vai se dedicar ao pedido do papa Francisco. Mas a ênfase nas celebrações deve permanecer em setembro, uma vez que há no país uma tradição cinquentenária de celebrar o mês da Bíblia, por ocasião do dia de São Jerônimo, em 30 de setembro. A autorização para tal organização foi concedida pela Santa Sé, mediante um pedido específico. Após consulta do episcopado brasileiro, foi autorizado manter a tradição de celebrar o Dia da Bíblia no último domingo do mês de setembro, que há 50 anos é, no Brasil, dedicado à Palavra de Deus.  Durante a 58ª Assembleia Geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), o episcopado aprovou o envio de um pedido à Santa Sé para que o Domingo da Palavra de Deus fosse celebrado aqui no Brasil no último domingo de setembro, próximo à festa do santo que traduziu os textos sagrados para o latim. “Fomos autorizados a manter a celebração do Domingo da Bíblia no último domingo de setembro, conforme o nosso costume precedente”, explica a assessora da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB, Mariana Aparecida Venâncio. (Fonte: www.cnbb.org.br/domingo-palavra-de-deus-autorizacao-brasil-setembro/).

 

Padre Rafael Moreira Campos

Administrador Paroquial

Paróquia Nossa Senhora de Fátima – Pres. Venceslau/SP

Veja também