Estação mais fria do ano tem início hoje

Em Prudente, conforme Instituto Climatempo, inverno começa com previsão de chuva, e temperaturas entre 18°C e 25°C

PRUDENTE - Ynaiê Botelho

Data 21/06/2013
Horário 07:45
 

O inverno começou oficialmente na madrugada de hoje, exatamente às 2h04, e vai até o dia 22 de setembro, às 17h44, no horário de Brasília (DF). Segundo o meteorologista do Instituto Climatempo, Alexandre Nascimento, "a estação, na teoria, é a mais seca e a mais fria em quase todo o Brasil". A exceção vale apenas para o leste nordestino, que tem neste período parte de sua estação úmida. Em Presidente Prudente, a estação inicia com previsão de chuva, e temperaturas entre 18ºC e 25ºC, com probabilidade de intempéries à tarde e à noite.

Jornal O Imparcial População já se protege contra a queda das temperaturas

O meteorologista afirma que apesar das primeiras massas polares terem chegado fortes ao sul, à parte do sudeste, centro-oeste e no sul da região norte, variações nos campos oceânicos do Pacífico e do Atlântico podem modificar o comportamento do clima. "Com isso, há possibilidade de termos curtos períodos mais úmidos e frios, como já vivenciamos no outono", diz.

De acordo com Nascimento, para julho, a previsão de frentes frias chegando ao País é grande, porém, poucas delas terão força para avançar efetivamente. "A mais forte passará por volta dos dias 10, 12, e apenas mais duas devem trazer frio até o sudeste, centro-oeste e sul da Amazônia. O frio mais intenso ficará no sul do Brasil", relata.

O mês de agosto promete ser seco e traz para o sudeste, logo na primeira quinzena, três frentes frias. Já em setembro, o  tempo deve ser quente e seco em quase todo o Brasil. Para o especialista, a situação deve ser similar ao ano passado. "De forma geral, teremos um pouco mais de frio em julho. A chuva será irregular e teremos mais calor do que o normal. Devemos ter vários registros de baixíssima umidade no País e proliferação das queimadas a partir de agosto", conclui.

 

Problemas respiratórios

Na mesma data em que se inicia o período mais frio do ano, é lembrado o Dia Nacional do Combate à Asma. E não é por acaso. De acordo com o pneumologista Paulo Roberto Mazaro, a mudança de estação é favorável ao surgimento de problemas respiratórios, sobretudo, da asma que, segundo o profissional, atinge hoje cerca de 20% da população.

O médico ressalta que os sintomas alérgicos podem detectados na infância e que, "raramente, eles surgem nas pessoas acima de 50 anos". De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, nos últimos dois anos, cerca de 29 mil pessoas foram internadas por asma em todo o Estado. Crianças e adolescentes estão entre os mais atingidos.

Mazaro afirma que os sintomas se caracterizam basicamente por crises periódicas de tosse, falta de ar e chiado no peito. "Os sinais geralmente são desencadeados por fungos, mofo, mudança de temperatura e alguns alimentos", alerta.

Para prevenir o aparecimento dos sintomas, o especialista aconselha o alérgico a cuidar do ambiente que frequenta. "A pessoa tem que se lembrar de lavar e colocar edredom, bichos de pelúcia, cortinas, e outros utensílios que podem criar ácaros e fungos no sol, além de procurar ter uma alimentação saudável, evitando ainda o uso de corantes e conservantes", relata.

As atividades físicas também aparecem na lista dos cuidados. Segundo Mazaro, natação, ciclismo e outros esportes aeróbicos podem ser praticados a favor da saúde dos alérgicos. "Além disso, temos os medicamentos  controlados, dependendo do tipo de alergia, existem as vacinas que controlam as crises", afirma.

Porém, o médico adverte que a asma é uma doença hereditária, oriunda de uma alteração no gene que "propicia um erro num determinado anticorpo". "Hoje, a asma é considerada uma doença inflamatória, e do ponto de vista científico, não tem cura", finaliza.

Veja também