Filantropia premiada do HE entrega prêmio de R$ 500 mil

  Além do operador de máquinas, Milton Lorencini Ferro, de Martinópolis, que ganhou o prêmio principal, outros dois sortudos foram contemplados, cada um com R$ 20 mil

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 10/01/2022
Horário 19:15
Foto: Cedida
Ganhadores do 1º sorteio do SP Cap em 2022 estiveram no Hospital de Esperança
Ganhadores do 1º sorteio do SP Cap em 2022 estiveram no Hospital de Esperança

No início de tarde desta segunda-feira, ganhadores do primeiro sorteio do SP Cap em 2022 estiveram no HE (Hospital de Esperança), em Presidente Prudente, para conhecerem a instituição e receber os prêmios do último domingo.
Foram eles: Francisco Alves dos Santos, policial aposentado, morador em Martinópolis, ganhador de R$ 20 mil; João Santana, aposentado, morador em Piquerobi, que ganhou R$ 20 mil; e Milton Lorencini Ferro, operador de máquinas, morador em Martinópolis, ganhou R$ 500 mil.
Na ocasião, Felício Sylla, presidente do HE, agradeceu à contribuição dos contemplados que ajudam diretamente a entidade ao comprarem o Título de Capitalização SP Cap Filantropia Premiável - uma importante ferramenta de captação de recursos do HE, sendo um dos pilares de sustentação para o funcionamento do hospital.

“Além de proporcionar o direito de participação em sorteios, com o SP Cap você pode contribuir para o desenvolvimento e custeio do Hospital de Esperança
Felício Sylla

Filantropia Premiável

De acordo com Felício Sylla, presidente do Hospital de Esperança, o SP Cap é um Título de Capitalização de Pagamento Único, da Modalidade Filantropia Premiável, com atuação no Estado de São Paulo, aprovado pela Susep (Superintendência de Seguros Privados) e emitidos pela Invest Capitalização.
“Além de proporcionar o direito de participação em sorteios, com o SP Cap você pode contribuir para o desenvolvimento e custeio do Hospital de Esperança de Presidente Prudente -  por meio da cessão do direito de resgate do seu título, gerando recursos que ajudarão a proporcionar assistência médica, hospitalar e social dos portadores de câncer da região”, declarou Sylla.

Veja também