Força do Agronegócio

GRAZIELA FERNANDES

COLUNA - GRAZIELA FERNANDES

Data 26/07/2020
Horário 03:38

Nesta semana, produtores de batata-doce da região reuniram-se para apresentar os preparativos para um dia de campo totalmente online para ser exibido no canal do Youtube "Batatatec Prudente". O evento é organizado pela Associação dos Produtos de Batata-Doce de Prudente e região. O dia de campo será um momento para apresentar aos produtores, pesquisadores e estudantes as novidades em termos de tecnologia, na busca de melhorias da produção em parceria com diversas empresas que comercializam defensivos e fertilizantes. O dia de campo será realizado no dia 27 de agosto.

Força da mulher no agro

Uma das grandes referências na expansão da produção de batata-doce no Estado de São Paulo e também no Brasil, está em Pirapozinho. A força de Lucy Rocha contribui diretamente para que a região figure entre as primeiras no ranking de produção de batata-doce. Lucy Rocha é também a coordenadora do dia de campo. Durante encontro com representantes dos Executivos de Prudente e Pirapozinho, apresentou dados relevantes da produção. "São 7.568.072 caixas de 24 kg do alimento no Estado de São Paulo, números da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios [Apta]", explanou.

Força do alimento

A batata-doce é um alimento versátil, rico em potássio, fósforo, cálcio, fibras e betacaroteno. Se ela ainda não faz parte da sua lista de compras, vale a pena investir na versatilidade desta delícia. A batata-doce tem variações de cores branco, amarelo, laranja, rosa e roxo. Cozida, assada, no purê, ensopada, com especiarias, é uma delícia. Que tal acrescentar na sua próxima lista de compras? Valorize a produção local, você contribui com a geração de renda e emprego na região.

Covid-19: Impactos na economia

O impacto com os gastos do enfrentamento à Covid-19 e o enfraquecimento da economia já refletem negativamente nas cidades da região. A queda brusca na receita faz encolher os recursos disponíveis nos cofres dos municípios. Especialmente os menores, que já percebem uma regressão que, sem dúvida, impactará o fechamento dos mandatos desses prefeitos. Pirapozinho é uma das poucas cidades que, apesar das dificuldades que o momento apresenta, tem mantido as contas equilibradas. Só a arrecadação de impostos municipais, num levantamento realizado pela coluna, segundo dados do Impostômetro, um medidor estatístico dos impostos que o país paga em qualquer instante, mostra que de 1º de janeiro até 21 de julho deste ano, foram arrecadados, em Pirapozinho, R$ 10.217.426,54, no mesmo período do ano passado, a arrecadação foi de R$ 7.016.881,72. Os prefeitos precisam ter cautela e controle de gastos minuciosos, algumas cidades da região dificilmente entregarão seus mandatos com as contas equilibradas, isso deve ser o caso da maior cidade do oeste paulista, Presidente Prudente.

Desafio dos proximos mandatos

Trabalhar com receita em frangalhos e fazer a máquina pública girar, sem dúvida, será o grande desafio dos próximos prefeitos do oeste paulista. Por isso é importante, neste momento, que os pré-candidatos ao Executivo e Legislativo tenham responsabilidade. Cuidado com o palanque eleitoral repleto de promessas mirabolantes, que dificilmente serão emplacadas nos próximos anos. Precisarão de pé no chão e coragem para reerguer as cidades pós-pandemia.

Um pouco de leveza para nossos dias

Nesta semana, a Van do Caps (Centro de Atenção Psicossocial) chamou a atenção da população por onde circulava nas ruas de Pirapozinho. Festiva, com bandeirinhas de festa julina, o veículo com a equipe do centro visitou 120 pacientes para levar alegria e entregar um kit temático com máscaras de proteção.

Seguimos forte

Mais um período na fase laranja, sigamos em frente, força e serenidade. E se puder, fique em casa. Até a próxima edição.

Veja também