Força-tarefa notifica quatro estabelecimentos e lacra salão de beleza durante fim de semana

De sexta a domingo, Vigilância Sanitária contabilizou 90 inspeções, enquanto a Sedepp realizou 31 visitas

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 12/04/2021
Horário 14:29
Foto: Arquivo/Secom
Equipes de fiscalização realizam inspeções em estabelecimentos que são alvos de denúncia
Equipes de fiscalização realizam inspeções em estabelecimentos que são alvos de denúncia

A Vigilância Sanitária de Presidente Prudente contabilizou 90 inspeções relacionadas às medidas de enfrentamento da pandemia neste final de semana, entre a noite sexta e a noite de domingo. Entre os estabelecimentos vistoriados, três bares foram notificados, pois não são considerados essenciais e, dessa forma, não poderiam ter atendimento presencial. A Sedepp (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico), no mesmo período, realizou 31 visitas, sendo que, no decorrer dos trabalhos, um estabelecimento foi notificado e outro lacrado pelas equipes de fiscalização da pasta. Ambos eram do segmento de salões de beleza.  

O supervisor de departamento da Visa, Daniel Eduardo Lima Gulim, relata que a maioria das denúncias se tratava de festas em propriedades privadas, como chácaras e em casas. “A grande maioria é de famílias que se juntam para fazer churrasco. Essas não têm como notificar, pois a Constituição não permite nosso ingresso no local”, relata. “Somente se for chácara de aluguel, pois aí é tido como atividade comercial”, acrescenta o supervisor.

De acordo com o fiscal da Sedepp, Luis Carlos Paulon, mesmo com o trabalho de conscientização, ainda há um número considerável de denúncias falsas. “As pessoas estão denunciando muita coisa que não procede. No final de semana, tivemos três denúncias apuradas em chácaras, com cenário encontrado diferente do que havia sido relatado pelo denunciante, pois observamos apenas famílias, de quatro a seis pessoas”, pondera.

Veja também