Fotógrafa inova e faz ensaio por videochamada

À distância, Isadora Crivelli dirige modelos e prepara o ambiente para fotos

VARIEDADES - WEVERSON NASCIMENTO

Data 26/05/2020
Horário 07:00
Isadora Crivelli - Dias antes, Isadora e a modelo selecionam os lugares que tenham uma boa iluminação Foto: Isadora Crivelli - Dias antes, Isadora e a modelo selecionam os lugares que tenham uma boa iluminação

ISO, diafragma e obturador são termos comuns quando se trata de fotografia. Apaixonada pela tecnologia, a fotógrafa Isadora Crivelli Silvestre, de Presidente Bernardes, que, inclusive, faz parte do time de colaboradores de O Imparcial, trouxe uma inovação para os dias atuais de quarentena e isolamento social. Como uma forma de adaptação, ela começou a realizar ensaios por videochamada, onde dirige modelos e analisa o ambiente de composição e fotometria. A escolha deu tão certo, que ela já realizou ensaios remotos até fora do Estado, sem sair de casa.

A princípio, Isadora destaca que se inspirou no fotógrafo italiano, Alessio Albi, mas que ficou com receios de colocar em prática. “É difícil, pois não temos o controle da exposição e nem de enquadramento como teríamos numa câmera, sem contar a qualidade da foto que é diferente, mas eu resolvi tentar. Até então nenhum fotógrafo brasileiro tinha feito antes”.

“É DIFÍCIL, POIS NÃO TEMOS O CONTROLE DA EXPOSIÇÃO E NEM DE ENQUADRAMENTO COMO TERÍAMOS NUMA CÂMERA, SEM CONTAR A QUALIDADE DA FOTO QUE É DIFERENTE, MAS EU RESOLVI TENTAR. ATÉ ENTÃO NENHUM FOTÓGRAFO BRASILEIRO TINHA FEITO ANTES”

Isadora Crivelli

Para realizar o ensaio, segundo el, o ideal é que os aparelhos celulares tenham o FaceTime, plataforma de comunicação por videochamada, a fim de que se garanta um melhor resultado, já que outros aplicativos podem não dispor da qualidade de estabilidade que o recurso disponibiliza. Mas destaca que é possível capturar as imagens através de outros dispositivos.

No entanto, para fazer os registros, há sempre uma preparação, explica a fotógrafa. Assim, dias antes ela e a modelo selecionam os lugares que tenham uma boa iluminação e que sejam esteticamente ideais para as fotografias. Este contato é feito por chamada de vídeo de forma que ambas possam analisar o ambiente, a fim de evitar problemas no dia. “Discutimos a ideia do que queremos passar e baseada nessa temática escolhemos as roupas, tudo através de chamadas, áudios e mensagens. Depois marcamos o dia e um horário para realizarmos o ensaio”, detalha Isadora.

RESULTADO

NA PRÁTICA

No decorrer da sessão, Isadoraé responsável por realizar os clicks remotos que registram as imagens em seu aparelho celular, e depois realiza a coloração e os ajustes finais no Lightroom (plataforma de edição) - traçando uma característica própria e marcante em seus registros. Utilizar do recurso à distância, segundo ela, além de não proporcionar custos evita o desgaste dos equipamentos.

A prática remota, inclusive, caiu no gosto dos apaixonados por belos registros, como é o caso da estudante que atualmente mora em São Paulo (SP), Maísa Lauren Deves Martins, 20 anos. Ela relata que já acompanhava o trabalho da fotógrafa e que ficou animada com um convite. “Foi uma experiência legal e bem diferente, eu não sabia como iria funcionar, mas a Isa explicou tudo direitinho e guiou o ensaio. Eu fiquei surpresa com o resultado das fotos”.

Foto: Cedida/Arquivo pessoal

Fotógrafa: Isadora Crivelli Silvestre
Formação: Cursando Fotografia, Unoeste (Universidade do Oeste Paulista)
E-mail: isadoracrisilvestre@hotmail.com
Contato: (18) 99683-4350

Fotos: Isadora Crivelli

Escolha deu tão certo que ela já realizou ensaios remotos até mesmo fora do Estado


Fotógrafa mantém uma característica própria e marcante em seus registros

 

Veja também