Hematologista responde dúvidas sobre doação de sangue

José Antonio Bressa esclarece importância do gesto, a partir de qual idade é indicado, se há fatores limitantes e se vacinados contra Covid-19 podem fazê-lo

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 11/06/2021
Horário 17:13
Foto: Unimed
Hematologista José Antonio Bressa esclarece sobre doação de sangue
Hematologista José Antonio Bressa esclarece sobre doação de sangue

Mais do que solidariedade, doar sangue é um ato que salva vidas e pode trazer de volta o sorriso e o alívio de muitas famílias e amigos. Para quem quer praticar o gesto nobre, mas não sabe o que fazer, o médico cooperado da Unimed de Presidente Prudente e hematologista, José Antonio Bressa, esclarece dúvidas sobre o tema.

Por que é importante ser um doador? 

Bressa: Doar sangue é um ato muito importante porque salva vidas. O sangue é insubstituível e você necessita do doador de sangue para que consiga atender as pessoas, em particular, os pacientes mais graves. 

A partir de qual idade pode doar sangue?

Bressa: O doador de sangue pode ter de 16 até 70 anos de idade. Os de 16 a 18 anos devem ir ao banco de sangue com uma pessoa responsável. O doador sempre deve portar um documento oficial. No banco de sangue, os doadores passam por uma triagem e, se estiverem aptos, é feita a coleta. 

Quais problemas de saúde limitam a doação de sangue?

Bressa: As pessoas que são portadoras de doenças infectocontagiosas ou que tiveram uma doença, por exemplo, AVC (Acidente Vascular Cerebral) e têm uma sequela.  Porém, pessoas com hipertensão, diabetes, hipotiroidismo controlados e com outras doenças mais simples podem ser doadoras de sangue. 

Doar sangue pode prejudicar a saúde do doador?

Bressa: A doação de sangue não prejudica a saúde do doador. Doar sangue não engrossa o sangue e não há risco de adquirir uma doença durante o ato. Além de ser um procedimento bastante seguro, a triagem e os exames que são feitos também protegem o doador quanto ao risco de passar mal e de ter algum problema na doação.

Se a pessoa foi vacinada e/ou teve Covid-19 pode doar sangue? 

Bressa: As pessoas vacinadas podem doar sangue depois de 30 dias e mesmo quem já teve Covid também pode doar.

Onde doar? 

Bressa: A doação de sangue é feita no centro de coleta dos bancos de sangue. Aqui em Presidente Prudente, temos três unidades: no HR (Hospital Regional) Doutor Domingos Leonardo Cerávolo, no Instituto Rh - Hematologia Hemoterapia e na Santa Casa de Misericórdia. Quem estiver disponível e quiser fazer esse ato de ajudar ao próximo, dirija-se a um banco de sangue e faça sua doação. 

Veja também