Home office: aprovação e permanência

Agência Ativa Resultados, por exemplo, permanecerá de forma remota até o final do ano, independentemente da evolução do Plano São Paulo

PRUDENTE - THIAGO MORELLO

Data 02/07/2020
Horário 05:17
Ativa Resultados: Trabalho ocorrerá em home office até dezembro, na Ativa Resultados Foto: Ativa Resultados: Trabalho ocorrerá em home office até dezembro, na Ativa Resultados

Até dezembro desse ano, os 21 funcionários da Ativa Resultados, um hub de inovação e marketing digital, não devem voltar ao trabalho presencial. A agência é um dos estabelecimentos de Presidente Prudente que estuda a possibilidade de tornar o expediente de forma remota definitivamente. Com a pandemia da Covid-19 e o isolamento social impulsionado, a realização de serviços por meio de home office deixou de ser apenas uma opção para a única possibilidade de muitos. E com os bons resultados, a aprovação e a tendência em permanecer dessa forma também chegaram.

E, sendo assim, com essa nova realidade atual, a agência tem a proposta inicial de testar a modalidade de serviço até o último mês de 2020, e prosseguir de acordo com os resultados da ação. A empresa encontra-se em home office desde o mês de março.

Rodrigo Paccini, co-fundador e um dos diretores da Ativa Resultados, revela que os planos andam de acordo com a proposta inovadora que caminha lado a lado com o propósito da empresa. “Somos um Hub de Inovação, sem necessidade de o cliente ir até nosso escritório. Com a experiência do home office, vimos aumentar nossa produção, foco e entrega. Não tem porque voltar atrás”, completou.

Mas, para chegar a essa decisão, o diretor explica que a opinião dos funcionários foi levada em conta, e uma grande parcela deles mostrou “estar se adaptando bem ao home office”, além de apontarem grandes vantagens. Ademais, outro questionário foi enviado para os parceiros/clientes, mostrando que a opinião sobre as melhorias no home office sempre será bem-vinda.

“Além disso, também há planos para o espaço físico da empresa. O escritório da agência se tornará o Space Ativa, um local aberto para colaboradores e clientes, onde será possível realizar reuniões, desenvolver projetos inovadores e até mesmo renovar ideias”, completa.

MUDANÇA

POSITIVA

Na Foregon, uma marketplace de planejamento financeiro, a aprovação de home office ocorre igualmente. Também localizada em Prudente, a empresa iniciou o trabalho de forma remota até mesmo uma semana antes da indicação do decreto. Segundo Janaína Vicari Peroto, Gerente de Talentos Humanos, já havia um acompanhamento da situação de pandemia na capital e, por isso, as precauções foram tomadas, a fim de que o local não se tornasse um vetor e, assim, prejudicasse a saúde dos profissionais.

Desta forma, ela conta que as ferramentas digitais que antes já eram do costume da Foregon, tiveram o uso intensificado. A rotina então tornou a realização de todos os processos por meio da comunicação on-line. Em um dos exemplos, Janaína lista as reuniões diárias, a reuniões trimestrais com o CEO e até mesmo o happy hour com os colaboradores, que já é da cultura deles.

Sobre tornar o home office permanente? A gerente responde que ainda não há uma resposta para isso. Mas, ela garante que pode ser uma possibilidade, a questão de tornar uma flexibilidade maior para essa opção. Para tanto, eles vão levar em conta o posicionamento de cada funcionário, que até então, tem sido dividido, de acordo com ela. “É um desafio. Mas a gente acaba aprendendo que somos capazes de se reinventar e se adequar a uma nova realidade”, finaliza.

SAIBA MAIS

Conheça mais a Foregon em www.foregon.com

 

 

Quais as regras do home office para empresas e empregados?
Especialistas orientam sobre postura correta durante home office
Funcionários se adaptam ao home office

 

Veja também