HRCPP segue como referência oncológica

Acordo com o Estado permite que a unidade receba 10 leitos de UTI - utilizados em pacientes com câncer, transferidos do HR; assim, HR teria 10 leitos liberados para tratamento de Covid-19

PRUDENTE - THIAGO MORELLO

Data 17/06/2020
Horário 08:00
Arquivo - Unidade não receberá pacientes de Covid-19, como informado anteriormente neste diário Foto: Arquivo - Unidade não receberá pacientes de Covid-19, como informado anteriormente neste diário

Ao contrário do que foi informado por esse diário na edição do último domingo, dia 14 de junho, o HRCPP (Fundação Hospital Regional do Câncer de Presidente Prudente) não receberá pacientes com Covid-19 para tratamento. A informação foi divulgada de forma errada, e no caso, a unidade de saúde segue unicamente como referência oncológica.

A informação foi repassada pelo deputado estadual Mauro Bragato (PSDB), mas houve uma troca no momento da divulgação. O que existe, na verdade, é uma possibilidade de acordo entre o governo do Estado de São Paulo e o HRCPP, para ofertar mais dez leitos de UTI, que seriam utilizados em pacientes com câncer transferidos do HR (Hospital Regional). Então, o Hospital Regional teria capacidade para oferecer esses dez leitos liberados (com a transferência) para atendimento a pacientes com Covid-19. Ou seja, pacientes com Covid-19 continuam sendo atendidos no Hospital Regional de Presidente Prudente. Haveria apenas uma troca.

No começo de abril, como foi informado por esse diário, foi quando a possibilidade do acordo foi mencionada pela primeira vez. Na época, o governo estadual disse que estava “avaliando” tecnicamente o caso. Hoje, pouco mais de dois meses depois, a reportagem voltou a questionar o Executivo sobre a situação. A resposta foi a mesma.

 

 

 

Veja também