Inscrições para o Fies seguem até sexta e Unoeste tem vagas

Candidatos que buscam financiamento para mensalidades de instituições particulares podem concorrer com notas anteriores do Enem

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 26/01/2021
Horário 14:46
Foto: Cedida
Adriele teve auxílio do Fies e, durante os estudos, participou de programa de intercâmbio na Europa
Adriele teve auxílio do Fies e, durante os estudos, participou de programa de intercâmbio na Europa

Segue até sexta-feira o prazo de inscrição para o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) do governo federal. O programa é voltado aos estudantes que buscam financiamento para mensalidades de instituições de ensino superior particulares.

A Unoeste (Universidade do Oeste Paulista) está entre as que mais oferecem cursos na região do oeste paulista. Para saber quais são as oportunidades e se inscrever, é preciso acessar o site do Fies (portalfies.mec.gov.br).

Os interessados deverão usar as notas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) dos anos anteriores. Isso porque os resultados da edição de 2020, adiada para janeiro de 2021 em decorrência da pandemia, estão previstos para serem divulgados somente em março.

O Fies é uma oportunidade para quem sonha em conquistar o diploma superior em curso bem avaliado pelo MEC (Ministério da Educação) de instituição particular. Uma das vantagens deste financiamento é o juro zero a quem mais precisa.

Alguns dos critérios para se inscrever são: ter realizado uma das edições do Enem a partir de 2010; ter obtido uma média das notas nas cinco provas igual ou superior a 450 pontos; não ter zerado a prova de redação; possuir uma renda familiar mensal bruta por pessoa de até três salários mínimos; possuir CPF e e-mail.

Sucesso profissional

Muitas das histórias de sucesso da Unoeste tiveram contribuição de programas de bolsas ou financiamento, como a da médica veterinária Adriele de Sousa Gomes, 25 anos.

Formada em 2019, ela atua na empresa Cobb-Vantress, na área de pesquisa. “É uma empresa de genética avícola de nível multinacional. Com toda certeza, posso afirmar que a minha formação na Unoeste foi um grande diferencial devido a todo apoio e orientação que recebi e também pelo foco que tive desde o início”, ressalta a estudante.

Durante os estudos, ela teve a oportunidade de fazer intercâmbio em 2017, quando ficou seis meses na Europa, na Universidade do Porto.

Veja também