Publicidade

Ler e escrever, ainda um desafio...

OPINIÃO - Marcos Alves Borba

Data 15/07/2020
Horário 04:21

Acredito que muitos de nós quando criança ou mesmo adolescente, temos algumas lembranças de momentos que queríamos que não acontecesse jamais! Sendo o estudo, a escola, a professora e até mesmo por alguns colegas. Naquele nosso tempo de momento, poderíamos até nos desculparmos de algumas coisas, mas talvez, não saberíamos explicar o porquê daquele desconforto que nos importunava, sei lá, cada um com suas crendices e costumes diferentes. Imagino que até tentávamos explicar de alguma forma a nossa indisposição pelo estudo, mas não tínhamos aquele discernimento de nossas teimosias e birrentas ações que provocávamos em nossos pais. 
Levantar cedinho! Ufa, meu Deus! Numa vontade enorme de que fosse um feriado ou que alguém muito próximo de nós acontecesse algo que nos impedisse de ir à escola. Pois o que mais queríamos era que naquele dia algo diferente pudesse acontecer, menos ter que ir à escola! Já passou ou pensou nisso?
Pois bem, nessa pequena introdução de um tempo que cabe somente a cada de um de nós, me veio aquele filme, pois tive vários desses momentos. Parte disso, sem nenhuma dúvida, foi o pequeno incentivo ao estudo, à leitura, por ter passado fome na escola, mudando de cidade e não entender que a professora seria um norte de que pudesse me encaminhar para um futuro, que o mundo seria bem diferente. É evidente que os estudos nos encaminham se tivermos alguém que nos impulsione a isso. Que o ambiente escolar seja um lugar de que ali, onde todos nós de alguma maneira pudéssemos chegar ao desejo de nossa capacidade.
Penso que devido essas transformações avassaladoras de um tempo incerto de nossos caminhos, hoje, muitas crianças e adolescentes poderão estar longe de um sonho. De sua capacidade de poder adquirir um desejo de melhor qualidade de vida. Talvez, com pessoas que menos possam lhes oferecer ou lhes encaminhar a um futuro que melhor seja a opção. Onde, mesmo distante da escola, de maneira muito remota ou de quem quer que seja, há de se unir por entendermos que a educação sempre foi e será nossa maior aliada para que tenhamos uma percepção de mundo que melhor nos acolhe. Há sonhos de muitos querendo ser aflorados, e um tempo de momentos que não poderão ser apagados. 

Veja também