Lojistas falam sobre expectativas para aumento das vendas no Halloween

Fantasias de bruxas e artigos de decoração em relação à data estão entre os itens que os estabelecimentos esperam mais vender durante a celebração da festa importada dos Estados Unidos

PRUDENTE - CAIO GERVAZONI

Data 21/10/2021
Horário 07:15
Foto: Weverson Nascimento
Letícia Gambinelli relata que procura por itens associados ao Halloween tem crescido nos últimos anos
Letícia Gambinelli relata que procura por itens associados ao Halloween tem crescido nos últimos anos

O Halloween ou, para quem prefere, em português, Dia das Bruxas, está próximo. A celebração da data no dia 31 de outubro é tradição em países anglófonos, e em especial, nos Estados Unidos. Porém, o dia de Halloween é também celebrado em outras culturas, muito se deve à influência dos norte-americanos no contexto geopolítico e cultural. No Brasil e, em Presidente Prudente, o Dia das Bruxas faz com que os lojistas e donos de estabelecimentos, que vendem fantasias e artigos de decoração, aguardem a data com expectativa. 
Na Romafele Festas, a funcionária do estabelecimento, Letícia Sambinelli, relata que a procura por itens associados ao Halloween tem crescido nos últimos anos. “De monstros com movimento, fantasias, capas, perucas à sangue artificial. São vários artigos em que a demanda aumenta quando a data se aproxima”. Com a perspectiva de alta nas vendas para o Dia da Bruxas, a loja preparou uma decoração especial para o espaço do estabelecimento onde os itens de Halloween estão sendo comercializados. 

Bruxas e vampiros

Para a proprietária da loja Moça de Família – Aluguel de Fantasias, Vania Rodrigues Crepaldi, a movimentação da clientela que busca fantasias para o Halloween também aumentou durante outubro. “Por conta da pandemia, fiquei um ano e meio com o estabelecimento fechado. Reabri a loja recentemente e já estamos com um certo movimento de clientes para o Halloween”, explica. De acordo com Vania, a procura é alta por fantasias de bruxas, vampiros e alguns outros itens. “Olha, máscaras... quanto mais horrorosa mais sai. Coisas do Harry Poter, Freddy Kruger também saem bastante”, descreve. 
“Tá bem parado viu... Caminhando só”, declara a gerente da loja Magazine Tentação, Márcia Cardoso. Para a lojista, não há tanta expectativa para o Halloween, quanto a outras datas importantes para o comércio, como o Dia das Mães, Dia dos Pais. “Olha, a esperança a gente não perde. Espero que neste ano a gente possa recuperar o que foi em relação ao ano passado, com a pandemia”. Conforme a vendedora, os artigos que mais saem estão relacionados a itens confecção. “Boné, calças e botinhas pretas são os que mais saem. Mas a procura não é tão alta, não”. Para Márcia, o Dia das Bruxas é um tipo de festa que é mais do “gosto de jovens, crianças e adolescentes” e esse é um dos fatores para que “a expectativa seja normal” em relação aos dias comuns.

Foto: Weverson Nascimento

lojas especializadas investem em itens de halloween em presidente prudente
Na Romafele há uma decoração especial para o espaço onde os itens de Halloween são comercializados

Veja também