Matarazzo será adaptado para deficientes visuais

De acordo com o titular da Secult, Yuri Reis, complexo receberá piso tátil, além de escrita em Braille em todas as placas de sinalização

VARIEDADES - DA REDAÇÃO

Data 13/05/2021
Horário 19:51
Foto: Cedida/Secult
Equipe da Secult realizou dinâmica proposta pela Associação dos Cegos
Equipe da Secult realizou dinâmica proposta pela Associação dos Cegos

A Secult (Secretaria Municipal de Cultura) recebeu a visita de integrantes da Associação Filantrópica de Proteção aos Cegos de Presidente Prudente, que propuseram uma dinâmica, na qual a equipe teve de enfrentar algumas dificuldades que os cegos e pessoas com baixa visão vivenciam no cotidiano. O secretário da Secult, Yuri Reis, declarou que a equipe pôde sentir na pele as dificuldades de deslocamento em um ambiente não acessível. “Com essa dinâmica, foi possível sentir a real necessidade e a importância em adaptar o passeio público do Centro Cultural Matarazzo”. 
De acordo com Reis, o complexo será adaptado com piso tátil, além de escrita em Braille em todas as placas de sinalização.
A Associação Filantrópica de Proteção aos Cegos está dando suporte e orientação à Secult, para que a adequação do prédio seja feita da melhor maneira possível. “Dessa forma, facilitaremos o acesso de todos os públicos em nossos eventos, oficinas e visitação em geral”, afirmou o secretário.
Yuri ressalta que trabalhará para que, posteriormente, o projeto se estenda aos demais equipamentos culturais públicos do município.




 

Veja também