Membros da CEI realizam vistoria no Parque Aquático da Cidade da Criança

Após receber denúncias sobre condições precárias, vereadores foram ao local e deverão protocolar ofícios com base no que foi analisado

PRUDENTE - ROBERTO KAWASAKI

Data 22/09/2021
Horário 14:42
Foto: AI da Câmara
Situação da estrutura metálica do toboágua chama a atenção
Situação da estrutura metálica do toboágua chama a atenção

O Parque Aquático da Cidade da Criança foi alvo de vistoria na manhã de hoje, por vereadores da Câmara Municipal de Presidente Prudente que compõem a CEI (Comissão Especial de Investigação) do Parque Aquático. A visita teve o objetivo de fiscalizar denúncias referentes às condições precárias.

A vistoria ocorreu nas primeiras horas do dia, momento em que os membros percorreram por diversos locais do Parque Aquático. Conforme a Câmara, a partir de agora, os vereadores irão protocolar alguns ofícios com base no que foi analisado.

Na segunda-feira, vereadores da 18ª Legislatura da Câmara Municipal de Presidente Prudente aprovaram a criação de uma CEI que investigará as condições estruturais do local, bem como o contrato entre a Prefeitura de Presidente Prudente e o Ciop (Consórcio Intermunicipal do Oeste Paulista), responsável por gerenciar o local.

Conforme a Câmara, o requerimento que trata do assunto é de autoria do vereador Demerson Dias (PSB), presidente da casa. Após sorteio, foram definidos como integrantes da “CEI do Parque Aquático”, a vereadora Miriam Brandão (Patriota), que atua como presidente; Wellington Bozo (MDB), relator; e Ivan Itamar (PSB), membro.

O requerimento aprovado em plenário esclarece que serão apuradas denúncias que vão desde as condições sanitárias do local à estrutura atual, o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros), a extensão do Parque Aquático e zoológico da Cidade da Criança e demais equipamentos.

Também será verificado o contrato com o Ciop, a exemplo dos valores recebidos e a quantidade de funcionários que atuam no local. De acordo com documento, será ainda pedido apoio técnico de outros órgãos públicos, como de Saúde e Engenharia da Segurança e do Trabalho, além do Corpo de Bombeiros.


AI da Câmara - Na manhã de hoje, vereadores membros da CEI estiveram no local 

O prazo dos trabalhos será de 90 dias. No documento, o vereador Demerson Dias ressaltou que, conforme denúncias, o Parque Aquático encontra-se “totalmente abandonado, o que pode resultar em alto risco para crianças e adultos”, além da “deterioração do patrimônio público”.

Em nota, a Prefeitura de Presidente Prudente afirma que está à disposição da Câmara Municipal para prestar “todas as informações necessárias e a colaborar com os trabalhos da referida CEI”. “Cabe ressaltar que o Parque Aquático Cidade da Criança é gerenciado pelo Ciop (Consórcio Intermunicipal do Oeste Paulista).

A reportagem entrou em contato com a direção do Ciop, que informou ter sido notificada sobre a CEI no começo da tarde de hoje, e que iria se inteirar sobre os detalhes apontados no requerimento para que depois possa se manifestar.


AI da Câmara - Investigação analisa denúncias que chegaram ao conhecimento do Legislativo


AI da Câmara - Investigação analisa denúncias que chegaram ao conhecimento do Legislativo


AI da Câmara - Investigação analisa denúncias que chegaram ao conhecimento do Legislativo


AI da Câmara - Investigação analisa denúncias que chegaram ao conhecimento do Legislativo


AI da Câmara - Investigação analisa denúncias que chegaram ao conhecimento do Legislativo


AI da Câmara - Investigação analisa denúncias que chegaram ao conhecimento do Legislativo


AI da Câmara - Investigação analisa denúncias que chegaram ao conhecimento do Legislativo

Veja também