Mesmo eliminado da Copa Paulista, Grêmio fecha 2023 em novo patamar 

São José venceu 2º capítulo da semi por 2 a 0, repetiu cenário da A3 e mais uma vez celebrou em decisão contra o Carcará que, calejado, chegou às semifinais em seu debute nas 2 competições 

Esportes - DA REDAÇÃO

Data 02/10/2023
Horário 19:04
Foto: Murilo Aguilar/Grêmio Prudente
Grêmio Prudente competiu, mas ao final dos 180 minutos da semifinal viu São José ficar com a vaga na final da Copa Paulista 
Grêmio Prudente competiu, mas ao final dos 180 minutos da semifinal viu São José ficar com a vaga na final da Copa Paulista 

O São José aumentou a sua fama de adversário indigesto ao Grêmio Prudente, na noite do sábado no Estádio Martins Pereira, ao vencer o segundo jogo da semifinal da Copa Paulista por 2 a 0 e ficar com a vaga em uma competição nacional após 23 anos, desde a disputa da Copa João Havelange em 2000. 

A escolha pela participação na Copa do Brasil ou na Série D do ano que vem será decidida na final da Copa Paulista, nos dois próximos finais de semana, contra a Portuguesa Santista que venceu o XV de Piracicaba por 1 a 0 na casa do adversário no Estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba. O campeão escolhe o torneio nacional que irá jogar e ganha R$ 250 mil de premiação. O vice fica com a vaga restante e R$ 150 mil em caixa.  

Já o Grêmio Prudente vê o raio da eliminação caindo duas vezes no Estádio Martins Pereira, já que na semifinal da A3 deste ano também caiu diante do São José. Mesmo que não tenha colhido os frutos do acesso à A2 e de uma vaga nacional, o Carcará fecha a temporada calejado e em um novo patamar para, fortalecido, dar continuidade no cultivo promissor que levou a jovem equipe prudentina a bater de frente com camisas tradicionais do futebol paulista e chegar às semifinais da A3 e da copa estadual logo em seu debute nas competições.  

“Vida que segue"

Ao final do jogo, o técnico Ademir Fesan não escondeu a tristeza com a nova eliminação para o São José, lamentou não ter vencido o jogo da ida no Estádio Paulo Constantino, Prudentão e teceu elogios ao elenco, comissão técnica, diretoria e torcida do Carcará na construção do projeto de ascensão da equipe:

“Só tenho a parabenizar estes atletas, esta equipe, porque foram heroicos. Na primeira vez que o clube disputa [o torneio], tiramos uma equipe como a Portuguesa, classificamos numa chave forte, ganhamos de times da A1, então, tem que tirar o chapéu para eles e seguir. Vida que segue”, pontuou Fesan, treinador que mais comandou o Carcará na história de pouco mais de uma década da equipe e que deverá seguir no comando técnico do clube, já que tem contrato até o final da Série A3 2024. 

Objetivo em 2024: o título da A3

Em entrevista ao jornalista Cid Júnior, narrador da 101 FM, o presidente do Grêmio Prudente, André Garcia, que na intertemporada havia frisado que o objetivo do Grêmio na Copa Paulista era chegar na semifinal, cravou que o Carcará chegará para brigar pelo título da terceirona em 2024. 

“Precisamos subir de todo jeito no ano que vem e isso passa por algumas correções, por algumas situações de evolução da equipe. Acho que a equipe na Copa Paulista mostrou um nível superior do que na A3, mas também encontrou adversários de nível mais alto. E é isso: ter cabeça fria e tomar boas decisões”, pontuou Garcia, ao falar sobre o planejamento para o ano que vem, já pensando em reforços, mesmo com a dificuldade de contratações no começo da temporada, e na continuidade do trabalho de Ademir Fesan.  

“Seguimos firme e forte com muita vontade de fazer dar certo. Por duas vezes batemos na trave na Bêzinha, não subimos, e não foi isso que nos fez desistir e também não vai ser esse resultado de hoje [sábado] que vai fazer a gente desanimar. Temos que tirar sempre as lições corretas do que aconteceu, numa leitura fria e tranquila, para promover os ajustes que se fazem necessários. Esse é o intuito e no ano que vem só temos um objetivo: ser campeão da A3”, finalizou o mandachuva do Carcará. 

O jogo da eliminação

Com mais de 9 mil pessoas emanando apoio ao time da casa, o São José começou a construir a vitória logo nos minutos iniciais do segundo capítulo da decisão pela vaga. Com a marcação alta, a equipe comandada por Ricardo Costa pressionou o Carcará, do técnico Ademir Fesan, e aos 4 minutos abriu o placar com Nicholas em uma saída de bola infeliz com os pés do experiente goleiro Luiz, que numa tentativa de afastar o perigo acabou entregando a pelota na canhota do camisa 10 da Águia Azul. O habilidoso meio-campista estava atento e chegou em velocidade para chapar de primeira e abrir o placar para os donos da casa: São José 1 x 0 Grêmio Prudente.

Aos 9 da etapa inicial, o goleiro do São José, Luiz Augusto, quase retribuiu o “presente” do xará Luiz ao dar rebote em chute despretensioso de Félix, no entanto o arqueiro joseense conseguiu consertar o lance afastando a bola para linha de fundo antes que Maranhão pudesse aproveitar a rebatida.

A torcida do São José explodiu pela segunda vez aos 15 minutos, porém a euforia do grito gol foi apaziguada após o VAR (árbitro de vídeo) entrar em ação e anular o tento de Rafael Tanque, que em posição de impedimento, recebeu a bola afrente dos marcadores, saiu cara a cara com Luiz e precisou finalizar duas vezes para colocar a bola na casinha. 

Depois do gol anulado do adversário, o Carcará tentou responder e aumentou o seu predomínio na busca pelo empate. Aos 30, Maranhão levou perigo numa tentativa de fora da área. Aos 36, Rodrigo se desvencilhou da marcação adversária e também de fora da área tentou, porém, o chute não saiu com tanta força e Luiz Augusto, no meio do gol, não teve dificuldades para agarrar a bola. Aos 39, Jonatha, numa distância parecida da tentativa de Rodrigo pelo centro, arriscou um chute rasteiro e desta vez Luiz Augusto precisou se esticar todo para fazer a defesa em seu canto esquerdo.

Na segunda etapa, o São José novamente mostrou as garras nos minutos iniciais e teve efetividade para ampliar o placar. O veloz Serafim encontrou Heitor Roca pisando em velocidade pelo flanco esquerdo já dentro da grande área, o camisa 6, próximo da linha de fundo, cruzou de primeira e achou Rafael Tanque dentro da pequena área do Carcará. Desta vez em posição legal, o camisa 9 do Águia Azul só teve o trabalho de tocar para o fundo das redes para aumentar a festa no Martins Pereira: São José 2 x 0 Grêmio Prudente. 

Depois da Águia Azul ampliar o placar, o Carcará até chegou a levar perigo ao gol de Luiz Augusto no decorrer do jogo, no entanto não conseguiu descontar e ao final dos 180 minutos a equipe do Vale do Paraíba, que vibrou com acesso à A2 em abril, voltou a fazer a festa em cima do Prudente: 3 a 1 no agregado e a concretização da vaga na final da Copa Paulista e em uma competição nacional no ano que vem.  

Ficha Técnica de São José 2 x 0 Grêmio Prudente

Competição: Copa Paulista 2023 – Mata-mata: 2º jogo da semifinal;
Local: Estádio Martins Pereira, São José dos Campos (SP);
Data e horário: 30/09/2023, às 19h. 
Público: 9.249 pessoas. 
Renda: R$ 136.090.

Equipe de arbitragem: árbitro João Vitor Gobi; árbitro assistente 1 Daniel Paulo Ziolli; árbitro assistente 2 Raphael de Albuquerque Lima; quarto árbitro Michel de Camargo; quinto árbitro Denis Matheus Afonso Ferreira; árbitro de vídeo Thiago Duarte Peixoto; assistente VAR Vitor Carmona Metestaine; observador VAR Carlos Augusto Nogueira Junior; operador de replay Raul Holanda.

Cartões Amarelos: São José: Rodrigo Andrade; Grêmio Prudente: Rodrigo e Rafael Milhorim.

Gols: São José: Nicholas (4’/1T) e Rafael Tanque (1’/2T). 

Grêmio Prudente: Luiz; Hélder (Thiago Rubim), Félix, Lucas Costa (Brown) e Leocovick; Matheus Silva, Rafael Potiguar (Rafael Compri), Rodrigo (Felipinho) e Jonatha; Maranhão. Técnico: Ademir Fesan.

São José: Luis Augusto; Caio Cesár, Abreu, Heitor Roca e Leonardo (João Gabriel); Pedro Favela (Léo Gobo), Rodrigo Andrade (Jeferson) e Nicholas; Serafim (Dener), Rafael Tanque (Caio Vieira) e Gustavo Nicola. Técnico: Ricardo Costa.





 

Veja também