Publicidade

Mirante se destaca em índices nacionais

À frente do Executivo, Átila Dourado acredita que sucesso se deva a investimentos em áreas como saúde e educação

REGIÃO - MARCO VINICIUS ROPELLI

Data 17/03/2020
Horário 09:13
Lucas Linhares/Cedida - Átila acredita ter implantado um novo modelo de gestão Foto: Lucas Linhares/Cedida - Átila acredita ter implantado um novo modelo de gestão

O prefeito de Mirante do Paranapanema, Átila Ramiro Menezes Dourado (PRP), 45 anos, considera que Mirante do Paranapanema evoluiu desde o início de seu mandato em 2017, por conta da maneira de administrar que implantou. Como comprovações estatísticas, Átila aponta bons resultados em alguns índices oficiais, tais como o Firjan, que avalia critérios como boa gestão e investimentos. A cidade saltou da posição 499ª para 86ª do país e 10ª do Estado de São Paulo. O prefeito aponta também que, recentemente, Mirante foi apontado como o município com menor índice de mortalidade de toda a região.

As ações da administração municipal nos últimos três anos e poucos meses, são enfatizadas por Átila, como demonstrativo desta maneira de conduzir o poder público da cidade do Pontal do Paranapanema. Na área da saúde ele destaca a o AME (Ambulatório Municipal de Especialidades) Mirante, que atende a 14 especialidades médicas, além de realizar diversos tipos de exames e procedimentos; o AME Mulher; construção de duas unidades ESF (Estratégia de Saúde da Família); aquisição de um aparelho de mamografia; ampliação da UBS (Unidade Básica de Saúde); construção de uma academia da saúde e cinco academias ao ar livre e aquisição de equipamentos.

Em relação à educação, o prefeito pontua a reforma e ampliação das creches e escolas municipais; implantação do sistema Sesi (Serviço Social da Indústria) de ensino em todas as escolas da rede municipal; reajuste para os professores da rede municipal de educação; construção da Secretaria Municipal de Educação; implantação da Etec (Escola Técnica Estadual) no Assentamento São Bento e implantação de polo da Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo).

Em se tratando de infraestrutura e inovação, Mirante recebeu desde a última eleição municipal, 140 casas populares, R$ 2 milhões em pavimentação e recapeamento; reforma da Praça Francisco Farias na sede do município e da Praça do distrito de Cuiabá Paulista; recuperação de estradas rurais pelo Programa Melhor Caminho; construção da rede de distribuição de água no Assentamento Dona Carmem, levando água para mais 200 famílias; implantação do vale-alimentação para funcionários públicos municipais; pavimentação do trecho inicial da estrada que liga Mirante à Usina Hidrelétrica Taquaruçu; construção do Centro de Convivência do Idoso; reforma e construção de 36 pontes e tubulações na zona rural.

Neste ano ainda serão finalizados outros projetos, como a construção da creche-escola do Jardim Flora, do minilaticínio e da usina de reciclagem.

DIFICULDADES

DO MANDATO

Mesmo tendo realizado obras e ações relevantes, Átila pontua dificuldades enfrentadas desde o início da gestão municipal. Quando chegou à principal cadeira do Executivo, ele afirma ter encontrado “uma situação difícil”. “Muitos prédios públicos como escolas, creches, banheiros, praças e unidades de saúde estavam em péssimas condições de conservação, necessitando de reformas e reparos urgentes. Estradas rurais sem manutenção e diversas pontes caídas ou sem condições de tráfego. Além disso, dívidas advindas principalmente de ações judiciais, ações trabalhistas e parcelamentos de gestões passadas”, salienta.

Átila lembra que a situação financeira do país também gerou impacto na Prefeitura de Mirante. O prefeito, entretanto, se mostra otimista quanto à recuperação econômica do Brasil. “A redução dos aportes para investimentos afeta os municípios, mas estou confiante que os governos estadual e federal, em breve, reestabelecerão sua capacidade de investimento para auxiliarem cada vez mais os municípios”, reitera.

Veja também