Mobilização histórica

Homéro Ferreira

COLUNA - Homéro Ferreira

Data 21/09/2021
Horário 04:15

Pela primeira vez em sua história iniciada em meados dos anos 1990, a Unipontal (União dos Municípios do Pontal do Paranapanema) mobilizará os seus 32 prefeitos para uma caravana em buscas de recursos em Brasília. 

AUDIÊNCIAS EM BRASÍLIA
A articulação do presidente e prefeito de Presidente Prudente, Ed Thomas (PSB), é para que os prefeitos integrantes da entidade suprapartidária busquem recursos em audiências na Secretaria de Governo e com vários deputados na Câmara Federal.

DURANTE TRÊS DIAS
A viagem será de ônibus e serão três dias de atividades em Brasília, de 18 a 20 de outubro; respectivamente segunda, terça e quarta-feira. A audiência da secretaria coletiva e as audiências com os deputados serão individuais.

ARTICULAÇÃO POLÍTICA
A equipe da Secretaria de Governo atende o presidente da República no desempenho de suas atribuições e na articulação política do governo federal; na interlocução com os 26 Estados, o distrito federal e os municípios.

MINISTRA-CHEFE
A ministra-chefe da Secretaria de Governo é a deputada federal licenciada Flávia Arruda (PR), brasiliense de 41 anos da idade, casada e mãe de duas filhas; bacharel em Direito e empresária.

FOI A MAIS VOTADA
Em 2018, ela foi candidata a uma cadeira da Câmara dos Deputados, sendo a mais votada do distrito federal. É casada com o ex-deputado federal e ex-governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (PL).

ANTES DA CARAVANA
Antes da caravana da Unipontal, o vice-prefeito de Presidente Prudente, Izaque Silva (Patriota), irá a Brasília no dia 5 de outubro e terá audiências com alguns deputados em nome do prefeito Ed Thomas e em busca de recursos para várias áreas. 

SABE OS CAMINHOS
Izaque conhece bem os trâmites burocráticos, especialmente por ter exercido o cargo de deputado federal quando suplente pelo PSDB e assumiu no lugar de Bruno Covas, que se licenciou do cargo ao ser eleito vice-prefeito de São Paulo na chapa de João Doria.

MORRE O HISTORIADOR
Nos meios políticos também é lamentada a morte no domingo (19) do historiador Ronaldo Macedo, aos 71 anos de idade. Ele foi diretor do Museu e Arquivo Histórico Prefeito Antônio Sandoval Netto, além de ter ocupado outras funções na Prefeitura.

TÍTULO HÁ 10 ANOS
Há quase 10 anos, no dia 14 de outubro e na véspera de completar 62 anos de idade, o paulistano formado em História pela USP recebeu o título de Cidadão Prudentino; por iniciativa dos então vereadores Antônio Rena (PDT) e Cidão Mendonça (DEM).

UM GRANDE SUSTO
Quem sofreu um acidente vascular cerebral domingo (19) e foi hospitalizado é o ex-jogador e treinador de futebol Luiz Carlos Djalma, com 73 anos de idade e 32 de Prudente, que no último dia 30 de agosto recebeu o título de Cidadão Prudentino.

AMIGOS EM ORAÇÃO
A internação de Djalma, como é mais conhecido, mobilizou os amigos em oração pelo seu breve restabelecimento. A homenagem que recebeu da Câmara Municipal foi proposta pelo vereador Professor Negativo (Podemos).

Veja também