Motorista, controle seus atos, dirija com responsabilidade!

EDITORIAL - Da Redação

Data 04/07/2020
Horário 04:18

Toda ação gera uma consequência. Com a junção de bebida alcoólica e a condução de veículo não é diferente, e traz resultados que podem ser fatais. Em feriados prolongados ou períodos festivos, por exemplo, são constantes os flagrantes de motoristas dirigindo embriagados – tanto nas rodovias regionais quanto nos perímetros urbanos. Apesar da frequência, os registros apresentaram queda no primeiro semestre de junho deste ano, se comparado com o mesmo período do ano passado.

Como noticiado por este diário, a Polícia Militar Rodoviária observou redução de 38,81% em infrações que envolvem alcoolemia nas estradas da região de Presidente Prudente. Isso mostra que os motoristas estão mais conscientes de que dirigir sob efeito de bebida alcoólica põe em risco a própria vida e também a de terceiros que nada têm a ver com a irresponsabilidade. Pode-se dizer que também houve reforço nas fiscalizações, acompanhadas de campanhas educativas em diferentes épocas do ano, principalmente, em épocasfestivas.

É válido destacar que o período de quarentena resultou no baixo fluxo de veículos. Com bares e restaurantes temporariamente fechados, pode ter havido um reflexo para a redução dos registros de alcoolemia. Mesmo assim, ainda há aqueles que arriscam beber e dirigir. Na última semana, a reportagem noticiou dois fatos: “Aposentado de 81 anos é preso por dirigir embriagado”; e o mais recente “Motorista embriagado provoca acidente com vítimas na rodovia” – realidade lamentável para o cidadão que não mede as consequências dos atos.

A reportagem não cansa de frisar a fala dos especialistas: “90% dos acidentes de trânsito poderiam ser evitados”. Basta um pouco de consciência e amor ao próximo para que os hábitos mudem. Ou aprende conforme manda a legislação, ou aprenderá a partir do momento em que ocorrer uma tragédia. Portanto, respeite!

 

Veja também