Mulher é vítima de golpe e tem benefício assistencial cortado

PRUDENTE - THIAGO MORELLO

Data 07/04/2017
Horário 11:34
 

Um dos objetivos do Programa Bolsa Família é complementar a renda de famílias carentes. Por isso, para fazer parte do mesmo, alguns critérios são levados em conta, o principal deles é o rendimento familiar. Vítima de golpe, uma moradora de Presidente Prudente, 27 anos, teve o benefício bloqueado. De acordo com o boletim de ocorrência, na quarta-feira, ela saiu para receber a quantia, no entanto, ao chegar ao local, foi informada de que não era mais beneficiária, por conta de uma empresa que foi aberta em seu nome, no ano de 2010.

Conforme o depoimento da vítima, prestado à Polícia Civil, ela alegou que nunca abriu firma nenhuma, bem como nunca realizou o empréstimo do seu CPF para ninguém. Além disso, a mulher relatou ao policiamento, o endereço no qual consta a empresa em seu nome, localizado na Rua Carlos Langhi, no Conjunto Sítio São Pedro, em Prudente.

Diante ao caso, a mesma foi orientada a procurar a Receita Federal da cidade, a fim de esclarecer a situação. O caso foi registrado como falsidade ideológica, na Delegacia Participativa de Presidente Prudente.

Veja também