Natação PcD de PP alcança 9 pódios

A competição PcD envolveu 20 provas, ontem pela manhã, na piscina coberta e aquecida da Associação Bancária Dracenense (ABD).

Esportes - Jean Ramalho

Data 25/07/2013
Horário 10:54
 

Representada por cinco competidores, a natação para Pessoa com Deficiência (PcD), de Presidente Prudente, conquistou nove medalhas, sendo cinco ouros, três pratas e um bronze, durante as disputas da modalidade na 57ª edição dos Jogos Regionais em Dracena. As medalhas colocaram a equipe na quarta colocação, tanto no masculino quanto no feminino, na classificação geral do esporte, que terá sequência hoje, com as provas da natação convencional. A competição PcD envolveu 20 provas, ontem pela manhã, na piscina coberta e aquecida da Associação Bancária Dracenense (ABD).

Sob o comando do técnico Cristiano Maurício da Silva, Max, o destaque da equipe prudentina foi a nadadora Bruna Bissoli Guadanucci, que conquistou dois ouros na categoria S9, que é voltada para nadadores com limitações físico-motoras, nas provas dos 50 metros nado livre, com a marca de 48s04, e nos 100 m livre, com 1min45s31. Mais experiente entre os competidores da equipe, Ricardo da Silva Santos, foi ouro nos 400 m livre, com 7min18s90, e nos 100 m peito, com 2min06s51, pela categoria S13 (nadadores com deficiência visual).

O último ouro prudentino veio com Luciano Reizo Horimoto, na S14 (nadadores com deficiência mental), pelos 50 m livre, com 1min33s92. Horimoto assegurou ainda uma prata pelos 100 m livre, com a marca de 3min40s60. Fechando o quadro de medalhas da delegação prudentina, Evelise Rapchan Basques conquistou medalhas em todas as provas que competiu. A atleta alcançou duas pratas pelos 50 m livre, com 58s93, e nos 200 m livre, com 4min40s49, e um bronze pelos 100 m livre, nadando em 2min17s56.

Com os resultados, a natação prudentina terminou o primeiro dia de disputas da modalidade em quarto lugar no masculino e no feminino. Entre os homens, a cidade somou 41 pontos, ficando atrás de Assis, com 135 pontos; Marilia, com 127, e Junqueirópolis, em terceiro com 86. No feminino, Marília figura em primeiro lugar, marcando 102 pontos, enquanto que Junqueirópolis assumiu o segundo, com 55, e Assis ficou em terceiro lugar, com 38 pontos.

 

Demais resultados

Com oito nadadores integrantes do projeto esportivo Clube Escolar São Paulo Paralímpico, que funciona em Dracena, com o apoio da Secretaria Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), o time da natação PcD de Junqueirópolis conquistou 17 medalhas ontem, sendo 12 ouros, três pratas e dois bronzes. A equipe é comandada pelo técnico Júlio César Monteiro e figura em terceiro lugar no masculino, e na segunda colocação no feminino.

Outro destaque das disputas foi o para-atleta Alexandre da Silva Fernandes, que já defendeu a seleção brasileira paralímpica e participa de provas dos circuitos nacionais. Defendendo Dracena, o competidor amealhou dois ouros pela categoria S8, para nadadores com limitações físico-motoras. As medalhas vieram nas provas dos 50 e 100 m livre.

 

 

SAIBA MAIS

PROGRAMAÇÃO INTENSA


Devido a integração da natação PcD com a convencional, os resultados obtidos na manhã de ontem pelos nadadores com deficiência, serão somados aos da convencional, que começa hoje, a partir das 7h, também na ABD. Para as provas, o time prudentino vai composto por 23 atletas e pelo técnico Elvancir Pereira do Nascimento, Pepe, da Apan/Semepp/Pastorinho/Criarte, como também da atleta Marina Donegá Neves, que defende o Tênis Clube/Colégio Objetivo. A programação desta quinta-feira prevê 20 provas, que serão disputadas em dois períodos, assim como amanhã, que terá 18 provas.

Veja também