Nível de desemprego na construção civil é de 17% em Prudente

PRUDENTE - MELLINA DOMINATO

Data 07/10/2016
Horário 11:34

 


O nível de desemprego na área da construção civil, em Presidente Prudente, é de 17%. A informação é do presidente do Sinduscon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo), engenheiro civil e administrador de empresas, José Romeu Ferraz Neto, o qual pontua que o índice, considerado "alto", está abaixo da média nacional, marcada em 30%. Um levantamento feito pelo sindicato, em parceria com a FGV (Fundação Getúlio Vargas), expõe que, em agosto deste ano, o município contava com 2.711 trabalhadores do segmento. O número é 9,5% menor do que o contabilizado no oitavo mês do ano passado, quando eram 2.997 empregados do setor com carteira assinada. No entanto, o resultado de agosto de 2016 é bem recebido, visto que os três meses anteriores apresentaram números negativos.

Jornal O Imparcial Ontem, em reunião plenária, foram empossados os diretores das regionais para 2016-2018

"O índice de 17% de desemprego na construção civil, bem abaixo do nacional, pode ser relacionado a mais oferta de trabalho em Prudente. Hoje, todos os municípios estão vivendo a crise e todos os resultados dependem das medidas que o governo federal ainda vai tomar", pontua José Romeu. Frisa que as mudanças no governo, tanto na esfera municipal quanto na federal, influenciam diretamente no setor. "Até 2013, tivemos uma revolução grande em tecnologia e isso não vamos perder, desde que uma retomada aconteça rapidamente. Teremos um bom cenário caso a aprovação de medidas, como a PEC dos Gastos Públicos e a reforma da previdência, por exemplo, ocorram até o fim deste ano", completa.

 

Palestras

Em Prudente, José Romeu participou de uma reunião plenária, a qual ocorre mensalmente, cada vez em uma região do Estado. No encontro, no salão de convenções do Aruá Hotel, foram empossados os diretores das regionais para o período 2016-2018, incluindo o diretor da Regional do Sinduscon-SP em Prudente, engenheiro civil Paulo Perego, que foi reeleito, segundo a Assessoria de Imprensa da entidade. "Esses encontros são importantes para conhecermos melhor cada regional, discutirmos assuntos do setor, conhecermos de perto os problemas, as características de cada lugar", explica o presidente do Sinduscon-SP.

Na noite de ontem, José Romeu ainda ministrou uma palestra aos diretores regionais do sindicato, com o tema "Busca de caminhos para a retomada do crescimento do setor". Uma segunda exposição foi feita pelos secretários de Planejamento, Desenvolvimento Urbano e Habitação, Laércio Batista de Alcântara; de Tecnologia, Rogério Marcus Alessi; e de Finanças, Cadmo Lupercio Garcia, sobre o assunto "Presidente Prudente rumo ao centenário". De acordo com a assessoria de entidade, outro ponto que seria abordado por José Romeu em sua visita a Prudente foi a efetiva implantação do Sigor (Sistema de Gerenciamento Online de Resíduos da Construção Civil) na cidade, em parceria com o Sinduscon-SP e a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo).

 

Veja também