Operação mira no tráfico de drogas em Presidente Epitácio

Cinco pessoas foram presas temporariamente, apontadas como participantes da venda de cocaína no município e região

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 16/09/2020
Horário 13:51
Polícia Civil  - Agentes apreenderam drogas e diversos materiais do tráfico
Polícia Civil - Agentes apreenderam drogas e diversos materiais do tráfico

Na manhã de hoje, cinco pessoas foram presas durante a Operação Lefthand, deflagrada em Presidente Epitácio. O objetivo foi o de cumprir mandados em repressão ao tráfico e associação para o tráfico ilícito de drogas no município.

Segundo a Polícia Civil, as ações ocorrem no âmbito da megaoperação Divisas Integradas 2, que acontece simultaneamente nos estados de São Paulo e Paraná desde a terça-feira. 

Conforme o Deinter-8 (Departamento de Polícia Judiciária do Interior), há alguns meses os agentes descobriram a venda ilegal de cocaína em Presidente Epitácio. Além do município, a droga também chegava a outras cidades da região, principalmente em Panorama, município vizinho.

A partir de informações colhidas durante os trabalhos de campo, foi possível reunir elementos informativos dos crimes investigados. Ao todo, cinco pessoas foram presas temporariamente, uma delas em Panorama. 

Flagrante de droga

Ainda, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão domiciliar.

Em uma das residências, em Epitácio, a polícia apreendeu duas porções de cocaína, diversas embalagens plásticas compatíveis com os invólucros que armazenavam as drogas, uma caixa de papelão com resquícios compatíveis com cocaína, além de um telefone celular. 

De acordo com a Polícia Civil, outros três celulares foram apreendidos e serão analisados. O trabalho da perícia contribuirá para futuros desdobramentos da operação, a fim de localizar mais pessoas envolvidas no comércio de drogas. 

Após as formalizações das prisões, os detidos foram encaminhados à Cadeia Pública de Presidente Venceslau onde aguardam o andamento da investigação. 

SAIBA MAIS

Megaoperação une São Paulo e Paraná no combate ao crime

Veja também