Padre Umberto recebe homenagem do 18º BPM/I

Turismo Religioso - JOSÉ COSTA

Data 29/03/2022
Horário 04:14
Foto: Cedida
Padre Umberto quando da homenagem
Padre Umberto quando da homenagem

Num verdadeiro clima de festa, por ocasião do 56° aniversário do 18º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior) alguns nomes de figuras regionais foram homenageados por aquela instituição, por reconhecimento a seus trabalhos em favor da comunidade. Dentre eles, a coluna destaca o do padre Umberto, reitor do Santuário de Santo Expedito. O merecido reconhecimento credita-se pelo trabalho que ele vem desenvolvendo naquela cidade, dando forma à grande obra que abrigará o santuário daquela comunidade.

MIT
Santo Expedito é o único da região centro-oeste do Estado a ser Município de Interesse Turístico no segmento religioso. A cidade concentra o maior número de devotos e romeiros, que chegam para visitas a fim de pagar promessas, ou mesmo pedir e agradecer por graças recebidas. São registrados anualmente grande número de pessoas que aqui chegam relatando milagres recebidos por intercessão de Santo Expedito, o santo das causas urgentes.

Homenagem
Foram vários os devotos que reconheceram a legitimidade da homenagem prestada pelo 18º BPM/I de Presidente Prudente ao padre Umberto, pois, na verdade, ele abraçou uma causa que sempre foi um sonho daquele município. Ele chegou, conclamou à comunidade católica para o grande projeto e hoje já se delineiam todas as formas de um amplo templo com os espaços necessários para abrigar os romeiros que chegam na pequena cidade, também cognominada como Capital da Fé. Padre Umberto, com toda a sua humildade, afirma que a homenagem recebida é compartilhada com todos os devotos de Santo Expedito.

Prece
A devota Maria Alice, de Presidente Prudente, que se declara fervorosa de Santo Expedito, relata a esta coluna, através de seu neto, que sua maior alegria é poder receber um grande presente de O Imparcial todas as terças-feiras, quando toma conhecimento de informações vinculadas a seu santo protetor. Segundo ela, quando o jornal adentra na sua casa, é como se uma luz ali também entrasse e ela se glorifica por isso. “É como se ela estivesse presente no dia a dia daquela comunidade, vivendo tudo pelas páginas do jornal”, retrata seu neto. Acrescenta ainda que neste ano ela ganhará o maior presente de sua vida, ou seja, poder assistir a primeira missa do seu santo de devoção no dia 19, já que um filho que mora em Londrina (PR) a trará de carro, pois tem um pequeno problema de mobilidade. Trará também uma imagem de Santo Expedito para que padre Umberto possa abençoá-la.

Prefeito
Na próxima edição, o prefeito Nenê Betio, também está ansioso por receber um grande número de romeiros em sua cidade, uma vez que no ano passado foi impossível pela pandemia, mostrando o que se fez para melhor acolher os visitantes, o que ele resume como sendo uma grande honra para todo o município de Santo Expedito.

Cognome
A cidade de Santo Expedito, reconhecendo que foi adotada por fiéis e devotos do seu padroeiro, traz em seus documentos oficiais expedidos pelo poder público municipal, o merecido cognome, adotado e acolhido por todos: Santo Expedito “Cidade Simpatia. Capital da Fé”. Pelos números de fiéis e romeiros que chegam na cidade, não apenas nos dias de festas maiores, mas também durante o ano, é mais que justo assim ser designada.

Grupos
Conforme informações prestadas para a coluna, neste ano, serão muitos os pequenos grupos de romeiros que estarão em Santo Expedito no retorno às festas que foram suspensas quando da pandemia. Muitos acreditavam que o retorno seria natural, pois a fé foi muito grande por parte dos fiéis e nada melhor que receber a notícia de que houve uma diminuição dos casos da Covid-19 e, assim, os devotos de Santo Expedito poderem agradecer e orar pelo santo protetor presencialmente. Mesmo assim o padre Umberto alerta  para que todos os cuidados sejam tomados, pois se entende que as obras do mal são traiçoeiras.

Fé em trovas
A minha fé é grande
E eu a levo ao bom Deus
Confiando a Santo Expedito
A todos pedidos meus.
            (José Costa)

Veja também