Publicidade

PARA OS FILHOS DESTE SOLO

REGIÃO - GRAZIELA FERNANDES

Data 20/10/2019
Horário 03:27

Há exatamente 20 anos, desembarcava na região e me encantei com a Joia do Oeste Paulista. Aqui na bela Pirapozinho finquei raízes, minha história profissional e pessoal estão intrinsicamente ligadas ao desenvolvimento do município. Do rádio para a TV. Da TV para o mundo corporativo e, a partir de agora, para os filhos deste solo, semanalmente, nesta coluna traremos os fatos e bastidores que movimentam a cidade.

PROBLEMAS ETERNOS E CRÔNICOS

Sabe o que tira a tranquilidade de qualquer morador de Pirapozinho ou visitante da região? Buscar vaga para estacionar o veículo no centro da cidade. Um problema crônico que existe desde que cheguei aqui e que parece longe de um fim. Morava no centro da cidade, na Rua Paulo Sérgio Molina, ali, não perdoavam sequer minha garagem. Deixei o endereço central, há pouco mais de 5 anos, mas o problema continua. Se não perdoam nem mesmo as garagens, imaginem vagas especiais.

FALTA RESPEITO

Não é difícil encontrar idosos e deficientes transitando em círculo, buscando estacionar numa das vagas especiais da cidade. Cabe destacar que, para uso destas vagas é preciso credenciais e adesivos nos carros, para facilitar identificação pelas autoridades locais. Este é um “abacaxi” nas mãos da administração, mas que passa também pela conscientização dos motoristas para respeitar vagas especiais, garagens e, principalmente, bom uso das vagas de forma rotativa.  

16.367 VEÍCULOS

Vale ressaltar que o comércio de Pirapozinho tem grande circulação de consumidores das cidades vizinhas. Como a cidade cresce, o número de carros também. Dados do Denatram (Departamento Nacional de Trânsito) apontam que em agosto deste ano, a cidade contabilizava 16.367 veículos, destes 9.114 automóveis.

INCLUSÃO POR MEIO DO CARATÊ

Davi Renato Ribeiro é destaque como paratleta na cidade de Pirapozinho. O jovem começou no esporte em fevereiro, motivado por um amigo. O professor Elton Shiratomi enfrentou alguns desafios, mas o principal foi "buscar conhecimento para adaptar o ensino do caratê convencional para deficientes visuais", conta. E tem dado certo, o menino já garantiu ouro em competição. Parabéns Davi e ao professor Elton Shiratomi! Inclusão faz a diferença.

POR FALAR EM INCLUSÃO

Uma audiência pública discutiu a necessidade de implantação da Rede Lucy Montoro. Segundo o vereador Claudinei Dinello (PSDB), que propôs a discussão, pacientes que necessitam de algum tipo de atendimento, ou mesmo órteses e próteses, são direcionados para o posto do AME (Ambulatório Médico de Especialidades) Presidente Prudente, que tem capacidade de atendimento restrita. Autoridades dos Executivos de Presidente Prudente, Narandiba, Tarabai, vereadores e o deputado estadual Mauro Bragato (PSDB) estiveram presentes no evento. Curiosamente, nenhum representante da Prefeitura de Pirapozinho participou da audiência, o que seria muito importante, dada a relevância do tema.

OUSADIA SEM LIMITES

Nesta semana, uma pessoa da cidade de Pirapozinho foi vítima de um golpe. A ousadia sem limites foi registrada na delegacia da cidade. Segundo consta, a vítima recebeu uma ligação e do outro lado linha, a pessoa mencionava ser da central de um banco e que seu cartão teria sido clonado. Confirmaram dados pessoais e orientaram para que ela ligasse ao banco de sua conta-corrente para receber instruções do seu gerente quanto aos procedimentos para bloquear o cartão.

GOLPE

O que se sabe é que, a vítima recebeu instruções de uma pessoa que dizia ser do banco na cidade, e que era para colocar o cartão com senhas alfanuméricas num envelope lacrado para que o motociclista da agência buscasse e, assim, seria feito o “suposto” bloqueio. Tudo não passou de um golpe. O caso segue em investigação. Cautela sempre. Importante ficarmos atentos, qualquer situação suspeita é preciso acionar a polícia.

Veja também