Pesquisadores e historiadores se reúnem para assistir ao filme

“Histórias & Estórias– cem anos", com Marcondes e Goulart, será lançado oficialmente às 20h do dia 7 de junho, no Teatro Paulo Roberto Lisboa, no Centro Cultural Matarazzo

VARIEDADES - OSLAINE SILVA

Data 18/05/2017
Horário 10:08

A equipe de pesquisadores e historiadores do longa-metragem "História & Estórias – cem anos" de Presidente Prudente, Ronaldo Macedo, Valentina Terescova Romeiro Flores e Eliane Angélica Semessato Ruiz da Silva, respectivamente, diretora e professora responsável pela ação educativa do Museu e Arquivo Histórico Prefeito Antonio Sandoval Netto, se juntaram, na segunda-feira, com o professor Jonas Soares de Souza e o cineasta Vicentini Gomez, em São Paulo, para assistir ao filme que será lançado às 20h, do dia 7 de junho, no Teatro Paulo Roberto Lisboa.

Segundo os envolvidos nesse trabalho árduo de quatro anos de dedicação e estudo, está tudo pronto, faltando apenas a trilha sonora que, como já explicado pelo cineasta em outra reportagem, é a última coisa a ser feita.

Jornal O Imparcial Equipe se reuniu com Vicentini Gomez em São Paulo, na segunda-feira, para acompanhar as finalizações do filme

"Está muito bonito, todas as cenas incorporadas. Imaginar que estamos vendo a história qual trabalhamos todos os dias, no cinema, é maravilhoso. Nós fizemos as pesquisas escritas e ele colocou sua visão como cineasta. Acredito que os pioneiros ou seus descendentes se sentirão representados. Além de muitos prudentinos que não conhecem a história da sua cidade poderão conhecer, ver, imaginar como era, de uma maneira diferente dos livros, por exemplo", expõe Valentina.

Eliane complementa dizendo que para eles que conhecem a história, que sabem os passos que foram seguidos durante todo o processo de formação da cidade, está muito emocionante. "A gente faz uma de ‘volta no tempo’", ressalta a educadora.

Ronaldo Macedo comenta que as pessoas verão uma proposta de leitura da história da cidade, qual em cima das pesquisas realizadas, Vicentini criou o filme. "Existem vários tipos de filmes, narrativos, dramáticos, entre outros, e este vai reunir uma série de fatos que vai dar uma amarração a partir do olhar do Vicentini. Lembranças interessantes são mostradas pelos atores que dão vida a personagens reais", coloca Ronaldo.
 
Olhar histórico

Sob o olhar do professor Jonas, historiador que fez parte das pesquisas para a produção do filme, Presidente Prudente, a "capital do oeste paulista" é um dos principais polos econômicos, educacionais e culturais do Estado de São Paulo, conquistou esta posição ao longo de uma fantástica trajetória de um século, iniciada em 1917 e a ser completada em setembro.

Segundo ele, os momentos mais significativos desta trajetória centenária são lembrados com emoção, riqueza de detalhes e documentos no longa-metragem "História & Estórias", dirigido por Vicentini Gomez.

"Selecionando e mobilizando jornais de época, fotografias, mapas, crônicas, depoimentos, livros e documentos textuais pacientemente garimpados nas coleções e acervos locais, e em instituições de São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro e também do exterior, o Vicentini construiu o seu olhar sobre a história da cidade e nos presenteia com um documentário sobre Presidente Prudente", salienta o historiador.

Segundo o professor Jonas, sem resvalar no didatismo, o filme explora uma linguagem leve e fluente, exibe primorosa fotografia e revela documentos desconhecidos ou conhecidos de um público restrito, firmando-se como rico manancial de informações e roteiro seguro para quem quiser se aventurar no longo percurso que resultou nesta grande cidade.

"Ver "História & Estórias" é embarcar na saga da conquista do oeste paulista e da construção de Presidente Prudente, viajando no tempo com a companhia dos coronéis Francisco de Paula Goulart e José Soares Marcondes, representados respectivamente pelos atores Antônio Petrin e Carlo Briani, e mais um conjunto de renomados atores e profissionais da cidade e região", acentua.

Conforme Jonas, Goulart e Marcondes "nos introduzem aos primeiros conflitos gerados pela posse da terra, aos percalços da implantação do núcleo urbano, à inauguração da ferrovia, abertura de avenidas, criação do município, crescimento da população, disputas pelo poder, fases da economia, surgimento e desaparecimento de poderosas indústrias, construção de escolas, universidades, hospitais e equipamentos urbanos".

"No final da saga, Vicentini Gomez dá asas à imaginação e se vale da licença poética e da liberdade de expressão para criar a bela cena em que os coronéis, do alto de um edifício do centro da cidade, descortinam a grandeza da ‘capital do oeste’ que ajudaram a construir!", exclama o historiador.
 
Nomes de peso

O elenco de "História & Estórias" é daqueles de encher os olhos. Muita gente boa dará vida aos desbravadores da cidade. Gente que fez história nesses cem anos! Alguns deles são: Antônio Petrin, Carlo Briani, Genézio de Barros, Gésio Amadeu, Barbara Bruno, Roberto Arduin; Pascoal da Conceição; Norival Rizzo; Cléo Ventura, Gabriela Rabelo, Helio Cícero, Calixto de Inhamuns, Carla Massumoto, Carlos Garcia, Claudemir Cauzin, Dan Rosseto, Diaulas Ullysses, Eduardo Acaiabe, Fabio Saltini, Luiz Carlos Felix; Marcelo Galdino, Maximiliana Reis, Pedro Paulo Vicentini, Roberto Francisco, Ben-Hur Prado, Denilson Biguete. E mais 150 atores.

"Estou muito feliz com o resultado final que ficou além do imaginado inicialmente. Entre jornais, livros, artigos e outros documentos forma mais de 50 mil páginas para chegar a 80 minutos de filmagens. Do que de mais relevante teve na época. Falta pouco para que todos possam vê-lo na telona", denota Vicentini Gomez.

Veja também