PM de Presidente Prudente é preso em investigação sobre tráfico de drogas

Segundo a Polícia Civil, prisão temporária decorre da Operação Perfídia, que deteve 31 pessoas no começo do mês

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 29/06/2020
Horário 12:22
Arquivo/Polícia Civil - Operação Perfídia foi comandada pela Dise de Prudente Foto: Arquivo/Polícia Civil - Operação Perfídia foi comandada pela Dise de Prudente

Um policial militar de Presidente Prudente, que atua no CPI-8 (Comando de Policiamento do Interior), foi preso temporariamente em decorrência de uma investigação sobre o tráfico de drogas no município. De acordo com a Polícia Civil, a prisão ocorreu no sábado.

A Deic-8 (Divisão Especializada de Investigações Criminais) informou à reportagem que não atuou diretamente na ação de busca e apreensão. Porém, disse que a prisão decorre de investigações promovidas por meio de inquérito instaurado pela 2ª Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes).

Foi por meio da Operação Perfídia, presidida pela delegada Adriana Ribeiro Pavarina Franco, que a investigação chegou ao militar.

Em nota, a SSP (Secretaria de Segurança Pública) afirmou que a prisão foi decretada pelo Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo, como resultado da operação originada da delegacia especializada. Conforme a pasta, o policial foi conduzido ao Presídio Militar Romão Gomes, na capital. 

"Cabe esclarecer que a SSP e a PM não têm compromisso com o erro e não compactuam com desvios de conduta de seus agentes", salienta. 

Detalhes sobre a investigação não foram divulgados. 

 

 

Veja também