PM reativa policiamento com motos no trânsito de Dracena

Além de coibir as infrações de condutores, atua no trabalho preventivo de furtos e roubos de veículos ou a transeuntes

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 21/01/2021
Horário 08:26
Foto: Polícia Militar
Até a terceira semana de janeiro, Dracena registrou 19 acidentes.
Até a terceira semana de janeiro, Dracena registrou 19 acidentes.

Nesta semana, o 25º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior) reativou o programa de patrulhamento com motocicletas em Dracena. Apesar de o foco estar na cidade, a intenção também é direcionar o trabalho com viatura em duas rodas para os 22 municípios que abrangem o batalhão.

De acordo com o tenente-coronel PM Mário Sérgio Nonato, que comanda a região de Dracena, o objetivo primário é a fiscalização viária voltada para a redução de infrações criminais e administrativas no trânsito, o que visa reduzir a taxa de acidentes na cidade.

Desta forma, os militares estarão de olho nos motociclistas que realizam manobras perigosas, condutores embriagados, veículos sem condições de circulação em vias, condutores sem habilitação ou vencida, estacionamentos regulamentares dentre outros.

“Estamos detectando altos índices de acidentes. Via de regra, todo dia tem acidente em Dracena, e as motocicletas vão atuar na prevenção”, explica Nonato. “A partir do momento em que fizermos o trabalho nesse sentido, a meta é reduzir os números”.

Em novembro, o município registrou 52 acidentes com e sem vítimas, sendo três atropelamentos. No mês seguinte, foram 38 acidentes e, até a terceira semana de janeiro, 19 acidentes.

“A ideia é que se possa evitar os acidentes, e também a identificar e levar aos órgãos competentes os locais e horários de maior incidência, para que seja necessária uma possível mudança viária”, afirma. 

Combate a outros crimes

Ainda conforme o comandante, o policiamento com motocicletas também atuará no trabalho preventivo de furtos e roubos de veículos ou a transeuntes, principalmente na área central e ao redor dela.

“Estará também em locais de difícil acesso para veículos quatro rodas, como a região ferroviária para coibir o tráfico de drogas e outras questões”, explica.

Diante da fácil mobilidade das motos, o que permite que cheguem ainda mais rápido ao local da ocorrência, apoiam e complementam o trabalho realizado pelo Programa de Radiopatrulhamento - Atendimento “190”, Força Tática, Policiamento Comunitário e Ronda Escolar já realizado na cidade, e fazer com que os índices criminais de Dracena continuem entre os menores do Estado, assim como toda a região do CPI-8 (Comando de Policiamento do Interior).

SAIBA MAIS

Rocam atua no combate aos crimes de maior gravidade

Veja também