Poesias animadas estarão nas redes sociais do “Histórias da Nana”

Serão produzidos cinco poemas inéditos a partir do dia 7 próximo: “A lenda da Iara”, “A lenda do Boto”, “A lenda de Cobra Norato”, “A lenda do Mboitatá” e “A lenda do Negrinho do pastoreio”

VARIEDADES - ESPECIAL PARA O IMPARCIAL

Data 03/04/2022
Horário 06:00
Foto: Foto Tiago Munhoz
Ana Paula Carneiro, a Nana que conta histórias e encanta as crianças por toda a parte
Ana Paula Carneiro, a Nana que conta histórias e encanta as crianças por toda a parte

As redes sociais do “Histórias da Nana” ganharão poesias com animadas ilustrações do artista Ricardo Bagge, durante os próximos meses. Serão produzidos cinco poemas inéditos a partir do dia 7 próximo: “A lenda da Iara”, “A lenda do Boto”, “A lenda de Cobra Norato”, “A lenda do Mboitatá” e “A lenda do Negrinho do pastoreio”. Os poemas que poderão ser conferidos no Instagram, Youtube e Facebook serão em formato de websérie, cada vídeo com duração de até 1 minuto.

De acordo com a autora e proponente do projeto Ana Paula Carneiro o texto publicado e disseminado nesse novo suporte e formato ganha proporções importantes. “Isso porque resgatam a herança do povo despertando o imaginário e a sensibilidade da cultura popular contadas por meio da tecnologia digital que é uma ferramenta que vem se tornando cada vez mais comum e acessível, a uma grande parte da população”, destaca a autora.

Quando questionada sobre a importância de se contar histórias, Ana Paula Carneiro reforça que a arte de contar histórias é uma prática e uma necessidade muito antiga, existe praticamente em todos os povos e culturas.

“Compreendemos o contador como aquele sujeito mais experiente que leva os textos literários até o povo, desta forma mediando uma rica experiência cultural dos ouvintes com a literatura, proporcionando muitas vezes o primeiro contato com ela. Portanto, ouvir histórias possibilita muitas coisas, entre elas despertar o imaginário, a fantasia, o prazer e a fruição criativa. Ouvir histórias possibilita muitas coisas, entre elas despertar o imaginário, a fantasia, o prazer e a fruição criativa”, enaltece Ana.

 

Nana conta: lendas brasileiras

Ana Paula Carneiro, a Nana que conta histórias, teve o Nana conta: lendas brasileiras como um dos projetos contemplados pelo Prêmio Por Histórico de Realização em Literatura – Autores, por meio do Edital Proac Expresso Lei Aldir Blanc Nº 49/2021, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Lendas brasileiras foi inspirado em outro trabalho produzido pelo grupo em 2021 com a parceria do Circuito Sesc de Artes que levou o nome de Nana Contas: Seres do Bosque, uma Websérie de cinco vídeos animados com um repertório de histórias, parlendas, poesias e brinquedos populares que encantou o público das redes sociais.

Os episódios, em formato Reels, foram um sucesso, gerando um índice de mais de 10.500 visualizações para cada publicação. O público pode conferir o trabalho que ainda está disponível no Instagram do Sesc Thermas.

“Além de Ana Paula, fundadora do Histórias da Nana, o projeto conta com uma equipe de artistas que está tornando este uma realidade ainda mais maravilhosa”, diz o produtor Tiago Munhoz.

 

Histórias da Nana

Este é um grupo de contação de histórias, mediação de leitura e pesquisa em literatura infantil que tem como objetivo contribuir com a formação dos leitores literários por meio de diversas ações que envolvem: contações de história, mediações de leitura em bibliotecas, praças públicas, espaços alternativos, oficinas de leitura e formação de professores.

O grupo foi formado por Ana Paula Carneiro, a Nana, que é mestra e doutoranda em educação, pedagoga, professora da Rede pública há 15 anos, contadora de história, mediadora de leitura e pesquisadora na área de literatura infantil.

E Tiago Munhoz, o Custipil de Pinot que é produtor, mediador de leitura, excêntrico musical, técnico de som e sonoplasta, palhaço há mais de 20 anos e integrante do grupo Rosa dos Ventos.

 

Ficha técnica

Ana Paula Carneiro – Autoria, direção, roteiro, coordenação do projeto, pesquisa, narração, criação e desenvolvimento do projeto

Tiago Munhoz – Produção, divulgação e assessoria de imprensa

Ricardo Bagge – Ilustrações, roteiro de animação, storyboard, arte gráfica, direção de animação

Matheus Calderan – Designer de animação, designer gráfico,

Thiago Faustino – Produção musical e desenho sonoro,

João Medeiros - Edição de vídeo

Ana Amélia Maciel- Revisão de texto

 

PROGRAMAÇÃO NAS REDES SOCIAIS

Dia 7 de abril às 18h - Lenda da Iara

Dia 21 de abril - às 18h - Lenda do Boto

Dia 5 de maio - às 18h - Lenda do Cobra Norato

Dia 19 de maio - às 18h - Lenda do Mboitatá

Dia 2 de junho - às 18h - Lenda do Negrinho do Pastoreio

Dia 16 de junho - às 18h - Mini doc - Bastidores do projeto

 

Fotos: Tiago Munhoz - Ana, mestra e doutoranda em educação é pesquisadora na área de literatura infantil

Veja também