Polícia Civil apreende drogas em lava jato no Jardim Itaipu

Em uma parede aos fundos do estabelecimento, havia uma passagem que dava acesso ao pasto onde droga era negociada

PRUDENTE - ROBERTO KAWASAKI

Data 18/08/2021
Horário 08:17
Foto: Polícia Civil
 Entorpecentes estavam enterrados nos fundos do estabelecimento
 Entorpecentes estavam enterrados nos fundos do estabelecimento

A Polícia Civil prendeu um homem de 37 anos por tráfico de drogas. Na tarde de ontem, ele foi flagrado com entorpecentes em um lava jato no Jardim Itaipu, em Presidente Prudente. Dinheiro e materiais utilizados no comércio de ilícitos também foram apreendidos. 

A informação de que o local era ponto de tráfico chegou por meio de denúncia anônima à 2ª Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes), da Deic-8 (Divisão Especializada de Investigações Criminais). Conforme a especializada, o denunciante disse que as drogas ficavam nos fundos do estabelecimento.

Diante disso, os policiais foram ao local e logo que chegaram, avistaram uma pessoa em atitude suspeita se aproximando do endereço, e indo em direção aos fundos. Dessa forma, entraram no lava jato e encontraram o denunciado oferecendo entorpecente ao outro indivíduo, apontado como usuário.

De acordo com a Polícia Civil, o acusado segurava um tijolo de maconha, sendo que outro semelhante estava no chão. Além disso, também havia um pedaço menor cortado, que seria entregue ao usuário. 

“Levando em consideração que na denúncia os policiais foram alertados de que os entorpecentes ficariam aos fundos do lava jato e devido à amplitude do local, por ser chão de terra, foi acionado o Canil Baep [Batalhão de Ações Especiais de Polícia], que durante a varredura localizou várias pedras de crack embaladas em saquinhos tipo zip, as quais estavam dentro de uma lata enferrujada; mais um tijolo menor de maconha, outro pedaço da droga e três pedras grandes de cocaína foram apreendidos”, explica a Polícia Civil.

Conforme a delegacia especializada, todos esses entorpecentes estavam enterrados aos fundos do lava jato, próximos de onde o indiciado foi abordado. Foi também verificada a existência de uma parede que dava acesso ao pasto, onde a droga era negociada.

Segundo a polícia, o acusado afirmou ser usuário de todos os entorpecentes apreendidos. A ocorrência foi apresentada à 2ª Dise, onde o homem permaneceu preso por tráfico de drogas.

Veja também