Polícia Civil prende homem de 70 anos que tentou matar a esposa em Regente Feijó

Por motivo de ciúmes, o idoso agrediu a mulher com pedaço de pau e um abajur; vítima ficou internada por três dias em estado grave

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 19/10/2020
Horário 16:52
Polícia Civil - Crime ocorreu no dia 9 de outubro, mas só foi divulgado hoje
Polícia Civil - Crime ocorreu no dia 9 de outubro, mas só foi divulgado hoje

A Polícia Civil prendeu hoje um homem de 70 anos acusado por tentativa de feminicídio que vitimou a esposa, de 65 anos. O crime ocorreu na manhã do dia 9 de outubro, em Regente Feijó, no entanto, foi divulgado nesta segunda-feira.

Segundo informações da Polícia Civil, a Polícia Militar foi acionada para comparecer ao endereço do casal que fica na Rua Dona Filo, para atender a uma ocorrência de lesão corporal.

No local, foram informados por vizinhos de que houve uma briga entre o casal, e que o indivíduo utilizou um pedaço de pau e um abajur para agredir a vítima. Após golpear a mulher por diversas vezes, o marido fugiu e não foi mais visto.

A vítima foi socorrida ao hospital local onde confirmou as agressões.

De acordo com a polícia, devido ao seu estado de saúde, considerado grave, não foi possível colher a versão dos fatos. A mulher foi transferida ao HR (Hospital Regional) Doutor Domingos Leonardo Cerávolo, onde ficou internada por três dias.

Depois de receber alta, a vítima prestou depoimento e afirmou que a discussão foi motivada por ciúmes por parte do acusado, que também não aceitava o pedido de separação.


Polícia Civil - Mulher ficou internada por três dias em estado grave

Acusado se entregou

Conforme o delegado de Polícia Civil que conduz o caso, Rafael Guerreiro Galvão, a equipe do SIG (Setor de Investigação Geral) iniciou uma série de diligências que resultaram na obtenção de provas que serviram como base para a representação da prisão temporária do suspeito.

O mandado de prisão foi expedido e, desde então, o indiciado encontrava-se foragido da Justiça.

Depois do encerramento das diligências em busca do indivíduo, que estava escondido, o mesmo se entregou nesta segunda-feira.

“Neste momento será indiciado formalmente e interrogado”, afirma Galvão.


Polícia Civil - Abajur também foi utilizado durante as agressões

Veja também