Polícia detém homem por maus-tratos a animais

Um dos cães estava trancado numa gaiola de tamanho pequeno, sem água, alimentação e cuidados básicos

REGIÃO - DA REDAÇÃO

Data 09/03/2021
Horário 14:47
Foto: Polícia Militar
Foram constatados indícios de maus-tratos no pit bull
Foram constatados indícios de maus-tratos no pit bull

Na manhã de ontem, após denúncia recebida pela Polícia Militar, um homem de 30 anos foi autuado em flagrante pela prática de abuso a animais. Os fatos foram registrados na Delegacia de Polícia Civil de Adamantina.

Conforme o boletim de ocorrência, após denúncia anônima, os militares localizaram um cão mestiço da raça pit bull que estava trancado no interior de uma gaiola pequena. Segundo a polícia, o animal apresentava lesões aparentemente por infestação parasitária, popularmente conhecida como “bicheira”. 

Além disso, o cão estava sem água, sem alimentação disponível e aparentemente “muito debilitado”, segundo afirmado pelos policiais. Ainda nas proximidades da residência, foi encontrada uma cadela mestiça boxer, juntamente com os filhotes em um viveiro.

De acordo com o registro policial, o proprietário dos animais foi localizado e alegou que prendeu o cão na gaiola porque ele costumava fugir.

Após laudo médico veterinário, foram constatados indícios de maus-tratos no pit bull. Diante disso, o dono foi autuado em flagrante delito.

“Tratando-se de crime inafiançável em razão da nova redação dada ao artigo 32 da Lei 9.605/98 pela lei 14.064/2020, ele foi encaminhado à cadeia pública local”, informou a Polícia Civil. Já os cães foram recolhidos pela Prefeitura de Adamantina. 


Fotos/Polícia Militar

Veja também