Prefeitura de Santo Anastácio confirma casos das variantes Delta e Gama no município

Três pessoas da mesma família testaram positivo para a cepa indiana, enquanto duas mulheres foram diagnosticadas com a linhagem brasileira

REGIÃO - WEVERSON NASCIMENTO

Data 31/08/2021
Horário 17:04
Foto: Itamar Crispim/Fiocruz
Diagnósticos foram informados pela Prefeitura nesta terça-feira
Diagnósticos foram informados pela Prefeitura nesta terça-feira

Nesta terça-feira, a Prefeitura de Santo Anastácio comunicou oficialmente três casos positivos da variante Delta, cepa identificada pela primeira vez na Índia, e dois casos confirmados da variante Gama, esta diagnosticada no Brasil. De acordo com a enfermeira responsável pelo Ambulatório de Diagnóstico e Tratamento Imediato de Covid-19 do município, Franciele Cevilha da Cunha, os pacientes diagnosticados já passaram do período de isolamento social e foram devidamente atendidos, orientados e monitorados pela equipe.

No município, uma mulher de 19 anos, um homem de 24 anos e uma criança do sexo feminino de 9 anos - todos pertencentes à mesma família - foram diagnosticados com a variante Delta. Segundo informações repassadas pela enfermeira, todos testaram positivo para a Covid-19 no dia 5 de agosto. “Foram realizados todos os protocolos da doença, porém, o governo do Estado comunicou o município na data de hoje a respeito das linhagens”.

Já em relação aos casos de Gama, a confirmação para a cepa diz respeito a duas mulheres, uma de 30 anos e outra de 47 anos. A mulher de 30 anos foi diagnosticada com Covid-19 no dia 15 de fevereiro, e a de 47 anos, em 11 de agosto. “Ambas só foram diagnosticadas com a variante Gama no dia de hoje. Todos os protocolos foram realizados. Elas já saíram do isolamento e não apresentaram nenhum sintoma mais grave da doença”, pontou.

Conforme o Executivo, desde a manhã desta terça-feira, a equipe de saúde do ambulatório está em contato com as cinco pessoas testadas com as variantes e que desconheciam o diagnóstico para a Gama e a Delta. Acrescentou, inclusive, que com cada um foi realizada uma triagem de locais por onde passaram e, em nenhum dos casos, houve relatos de terem deixado a cidade ou recebido visitas de outras localidades. Somente uma destas pessoas precisou ir ao município vizinho, Ribeirão dos Índios.

Segundo a secretária da Saúde, Selma Zambelli, as medidas preventivas serão reforçadas aos munícipes. “As pessoas precisam entender que a doença está ativa, que não podemos relaxar quanto aos cuidados básicos, como o uso de máscaras e o cumprimento regular do calendário de vacinação, pois somente desta forma conseguiremos combater esse vírus”, enfatiza. “Infelizmente, as variantes se fortalecem e, em pouco tempo, irão predominar os contágios. No entanto, se a maioria estiver imunizada a tendência é que o nosso organismo reaja ao vírus de forma positiva sem sintomas mais graves da doença”, acrescenta.

Casos em Prudente

Nesta segunda-feira, a VEM (Vigilância Epidemiológica Municipal) de Presidente Prudente informou o primeiro caso confirmado da variante Delta da Covid-19 contraído no próprio município, ou seja, autóctone. Além deste, há uma confirmação de caso importado.

De acordo com o órgão, o paciente é um homem de 57 anos, que começou a apresentar sintomas no dia 7 de agosto e não viajou para outra localidade, porém, teve contato com a esposa, que esteve no Rio de Janeiro entre os dias 27 e 31 de julho e que também foi diagnosticada com a mesma variante. Ambos os pacientes apresentaram sintomas leves e já estão recuperados da doença.

O caso importado também entra para as estatísticas, mas, para fins epidemiológicos, os autóctones se destacam, considerando que isso indica que a cepa está em circulação na cidade, pontua a VEM. 

Identificação das variantes

O médico infectologista André Luiz Pirajá da Silva explica que o exame que identifica a presença das variantes é feito por meio de genotipagem viral. Desta forma, algumas amostras (Swab/RT-PCR) são levadas ao IAL (Instituto Adolfo Lutz) e, por meio da genotipagem, é possível identificar as variantes pelas características genéticas.

Veja também