Prefeitura delimita horário de funcionamento do wifi

Medida foi tomada pela administração municipal, por conta de diversos casos de vandalismo, perturbação do sossego e invasões a unidades de saúde; 2 pontos continuam com sinal 24h


A Setec (Secretaria Municipal de Tecnologia da Informação) de Presidente Prudente delimitou o horário de funcionamento do wifi na maioria dos pontos do Projeto Cidade Digital, para o horário entre 6h e 23h. A medida, conforme o titular da pasta, Rogério Marcus Alessi, precisou ser tomada por conta de diversos casos de vandalismo, perturbação do sossego e invasões a unidades de saúde que fornecem o sinal de internet gratuito. Sendo assim, atualmente, apenas dois dos mais de 40 pontos da cidade continuam a fornecer o serviço 24 horas: o Parque do Povo, cujo quiosque digital está situado ao lado de um posto policial, e o Terminal Rodoviário Comendador José Lemes Soares, por ser um local fechado.

Jornal O Imparcial Ponto de wifi do Morada do Sol foi alvo de depredação

Alessi explica que a Prefeitura recebeu reclamações da população em relação aos pontos digitais, principalmente os situados nos bairros mais periféricos do município. "Entre as reclamações estão atos de vandalismo e perturbação de sossego, justamente pela aglomeração de pessoas nestes locais nos períodos da noite e madrugada", relata. O problema foi levado à Polícia Militar, órgão que também já tinha conhecimento da situação, por reclamações de moradores das proximidades às áreas cobertas pelo sinal gratuito, de "barulho e baderna ocasionados pelo acúmulo de jovens nos locais, inclusive fazendo uso de bebida alcoólica". "Fomos procurados pela Prefeitura, pois estava havendo uma série de invasões nos postos de saúde por pessoas que queriam apenas usar o wifi, causando tumulto no atendimento", cita a coordenadora operacional do 18º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior), major Renata Fassina.

Quanto aos atos de vandalismo, Alessi pontua que, especificamente o ponto de wifi do Jardim Morada do Sol estaria desligado, já que, no local, indivíduos já resetaram o rádio, aparelho que viabiliza a transmissão do sinal de internet, danificaram o mesmo com pedradas e até furtaram o equipamento. Nestas ocasiões, a Setec efetuou a troca dos aparelhos para que a população não ficasse sem a internet gratuita, no entanto, da última vez, decidiram desligar o sinal, que na tarde de ontem já estava restabelecido.

"No quesito aglomeração de pessoas e bagunça, que se estende pela madrugada nos pontos que ficam próximos às residências, a Setec estabeleceu um critério e decidiu por limitar o horário de funcionamento da internet", expõe o secretário. Diz considerar desnecessário manter o serviço durante a madrugada por questões de segurança. "Além de corresponder às reclamações da comunidade, a medida zela também pelos usuários, que em posse de seus celulares, tablets e smartphones, colocam a própria segurança em risco estando nos pontos durante a madrugada", frisa.

O titular da Setec ainda informa que, nas unidades de saúde, o desligamento também é feito às 23h, já que algumas delas também foram alvos de vândalos que pulavam os muros para depredação dos equipamentos. "Agora, os novos pontos já são instalados com essa programação de uso em horário delimitado. Esperamos que a população colabore na preservação destes locais – pois visamos atender principalmente as pessoas mais carentes – e também denuncie a prática de vandalismo para que possamos continuar oferecendo esse serviço de tecnologia de maneira acessível a todos", pontua.

 

Veja também