Professora Heloisa Luizari morre aos 70 anos em decorrência da Covid-19

Musicista fundou os grupos vocais Chorus e A4Vozes, o Conservatório Musical Santa Cecília de Presidente Prudente e foi a primeira coordenadora da Orquestra Municipal de Viola

PRUDENTE - WEVERSON NASCIMENTO

Data 26/04/2021
Horário 16:54
Foto: Cedida
Heloisa foi internada no dia 12 deste mês em decorrência da Covid-19
Heloisa foi internada no dia 12 deste mês em decorrência da Covid-19

Faleceu na manhã de hoje, em decorrência da Covid-19, a professora de música, organista e pianista, Heloisa Helena Martins Luizari, aos 70 anos. Além do dom de ensinar, a musicista foi fundadora dos grupos vocais Chorus e A4Vozes, do Conservatório Musical Santa Cecília de Presidente Prudente e foi a primeira coordenadora musical da Orquestra Municipal de Viola. 

O neto, Pedro Henrique Luizari Sant’anna, filho da médica cardiologista Daniela Luizari, relata que a música sempre fez parte da vida da avó. “Aos 5 anos, ela já se dedicava ao piano. Aos 12 anos, ganhou o seu primeiro violão, que, inclusive, tem como lembrança até os dias de hoje”, relembra. “Ela também trouxe essa influência da música para a nossa família, que também teve contato com os estudos musicais. Ela era tudo para gente!”, acrescenta. 

Helo, como era carinhosamente conhecida pelos amigos e familiares, sempre foi muito apaixonada pela música, como detalha a irmã Luciane Martins. O dom, segundo ela, foi herdado do pai, Euclydes Martins, abençoado com uma voz marcante. “Meu pai tocava muita seresta e, desde pequena, ela já tinha esse amor pela música”, recorda. “Por este dom especial, ela tinha o poder de centralizar todos em torno de muita alegria e qualidade musical”.

Dom de ensinar

A cunhada, Sonia Luizari Fontoura, acrescenta que todos os encontros familiares eram orquestrados por ela, sempre pautados em muita alegria e boa música. “Nossas reuniões eram festivas e alegres. Ela tocava todos os gêneros e agradava a todos. Ela emanava música, conhecia dos clássicos aos atuais”, frisa.

Heloisa, segundo a cunhada, era uma professora completa e sentia prazer em tudo relativo à música e, por isso, também amava ensinar.

O amigo e maestro, Luiz Quirino, descreve que Heloisa sempre foi uma excelente pianista e organista. Com isso, a amizade de mais 48 anos ultrapassou os ofícios musicais e, junto à família da musicista, ele também construiu um elo muito grande de afeto. “Eu tinha todos eles como uma família espiritual. Perdê-la está sendo um choque muito grande, pois a gente não esperava. Não é uma perda só para nós e os familiares, é uma perda para a cidade”, declara. Ao longo da amizade, os dois musicistas trabalharam em vários projetos como o “Cantores de Cristo Rei” e o coral da Viação Motta.

O musico e ex-aluno, Valério Mazzuoli, também prestou homenagens à professora. “Hoje, o céu ficou mais musical e encantador. Eu estou chorando, mas o céu está feliz! Deus te abençoe minha primeira e eterna professora de piano. Devo toda a minha formação musical a você”, descreveu. 

Heloisa foi internada no dia 12 deste mês em decorrência da Covid-19 e, diante de um agravamento, foi intubada dias depois. Ela faleceu hoje, às 8h20, e é sepultada às 17h, no Cemitério Municipal São João Batista, em Presidente Prudente. Heloisa era casada com Sérgio Luizari, deixa três filhas e cinco netos.

Veja também