Projeto Dança In Prudente abre vagas para aulas de dança, história e teoria

VARIEDADES - DA REDAÇÃO

Data 25/02/2016
Horário 08:42
 

O projeto Dança In Prudente abre matrículas para novos alunos. Trata-se de um projeto ProAc-ICMS (Programa de Ação Cultural da Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo) com apoio da Secretaria de Cultura de Presidente Prudente com patrocínio do Magazine Torra Torra e Trans Hizza.

O projeto oferece gratuitamente aulas de técnica de dança clássica, história e teoria da dança, oferecidas três vezes na semana com aulas com duração de uma hora e meia a duas horas. Este ano oferecerá também sapateado, alongamento e técnicas modernas.

Jornal O Imparcial No ano passado, a escola produziu um espetáculo e ainda duas mostras coreográficas

Estão disponíveis 30 vagas para iniciação, as terças, quintas e sextas-feiras, das 18h30 às 20h, para crianças de ambos os sexos de 6 a 12 anos de idade, e ainda vagas para crianças de ambos os sexos que já pratiquem balé para os níveis 2, 3 e 4, além de vagas para alongamento, sapateado e técnicas modernas com horários à consultar.

O módulo tem duração de 10 meses iniciando as aulas dia 29 de fevereiro e a única exigência para ser aluno é estar matriculado em uma escola de ensino regular (pública ou particular) no ensino fundamental ou médio, ter frequência mínima em 75% das aulas e participar das apresentações para as quais for convidado.

No ano passado o projeto atendeu 190 alunos e suas coreografias foram vistas por aproximadamente por 7 mil pessoas.

 

Matrícula


Para a matrícula, o interessado deve se dirigir a sala 3 do Centro Cultural Matarazzo, das 9h as 11h e das 14h as 18h, de segunda a sexta, com exceção de quartas a tarde, onde a secretaria do projeto é fechada. Deve levar um xerox da certidão de nascimento, um comprovante de endereço e um comprovante de matricula na escola de ensino regular.

 

Espetáculo


O ano passado a escola produziu com seus alunos o espetáculo "Sonho de uma noite de verão", em outubro, além de duas mostras coreográficas em julho e novembro. Os alunos participam de mostras e outros eventos estando constantemente no palco, vivenciando na pratica seus conhecimentos, parte importante da formação de qualquer artista.

Além disso, os alunos tem a opção de submeter-se a exames da Royal Academy of Dance, uma das maiores instituições de exames de ballet clássico do mundo. Seus exames são projetados para motivar e incentivar os alunos de todas as idades e níveis de habilidade, através de um sistema de avaliação de progresso e de realização. Assume a direção do projeto este ano Tamara Barbosa e a coordenação pedagógica Fernanda Benvenuto, ambas professoras registradas.

Veja também