Prudente consulta pais de mais de 19 mil alunos sobre retorno às aulas presenciais

Formulário, cujo resultado deve ser divulgado no dia 5 de outubro, também é respondido por mais de 2,2 mil servidores que atuam nas unidades

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 25/09/2020
Horário 17:51
Arquivo/Patrícia Motta - Retorno às aulas será definido após município ouvir toda a comunidade escolar Arquivo/Patrícia Motta - Retorno às aulas será definido após município ouvir toda a comunidade escolar Imagem: Arquivo/Patrícia Motta - Retorno às aulas será definido após município ouvir toda a comunidade escolar

A Prefeitura de Presidente Prudente, por meio da Seduc (Secretaria Municipal de Educação), deu início à consulta com a comunidade escolar sobre o retorno às aulas presenciais na rede municipal de ensino. O formulário, cujo resultado deve ser divulgado no dia 5 de outubro, segue sendo respondido pelos mais de 2,2 mil servidores que atuam nas unidades escolares, bem como pelos mais de 19 mil pais de alunos matriculados na rede.

Segundo a Seduc, a intenção é obter informações da comunidade escolar que contribuam para as reflexões, estudos e tomadas de decisão em torno da elaboração do plano de ação referente ao retorno das aulas presenciais, de acordo com a realidade de Prudente e seguindo todos os protocolos e medidas de segurança necessárias contra a propagação do coronavírus, a Covid-19.

De acordo com a secretária da Seduc, Sônia Pelegrini, nesta segunda-feira haverá uma reunião do Comitê Municipal de Retorno às Aulas, instituído pelo Decreto de N 31.109/2020, com as secretarias de Assistência Social, Educação e Saúde, além do Comed (Conselho Municipal de Educação), Conselho de Alimentação Escolar e o Conselho do Fundeb (Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação Básica).

Foram convidados a participar também o promotor do núcleo do Geduc (Grupo de Atuação Especial de Educação) em Prudente, Marcos Akira; a Diretoria de Ensino do Estado; o representante das escolas particulares, Antônio Grosso; e o Sintrapp (Sindicato dos Servidores Municipais de Presidente Prudente e Região).

"A ideia é que a saúde apresente um panorama sobre o coronavírus em Prudente e aborde também os protocolos sanitários para que discutamos o retorno às aulas. Esse retorno terá de acontecer em outubro ou no próximo ano. Sendo assim, de qualquer forma temos de deixar esse protocolo pronto", explica Sônia, acrescentando que a o Comitê de Retorno às Aulas tem a função de organizar e acompanhar o protocolo.

Embora haja a reunião entre os órgãos representantes das redes municipal e estadual de Ensino, bem como da rede particular, a secretária garante que a decisão sobre o retorno às aulas só será tomada após ouvir toda a comunidade escolar.

Veja também