Prudente passa a ser abastecida por biometano em julho de 2022

Cidade vai se tornar referência nacional em sustentabilidade após a implantação deste sistema

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 10/03/2021
Horário 20:43
Foto: Marcos Sanches/Secom
Demerson, Ed Thomas e Edilson Magno participaram ontem de videoconferência com a GasBrasiliano
Demerson, Ed Thomas e Edilson Magno participaram ontem de videoconferência com a GasBrasiliano

 O prefeito Ed Thomas (PSB) participou nesta quarta-feira de uma videoconferência com representantes da GasBrasiliano, empresa responsável pelo Programa Cidades Sustentáveis, em parceria com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Meio Ambiente. Por meio desta iniciativa, a cidade passará a ser abastecida com biometano a partir de julho de 2022. Participaram da reunião virtual o presidente da Câmara Municipal de Presidente Prudente, Demerson Dias (PSB), e o secretário municipal de Planejamento, Edilson Magno.
Prudente vai se tornar referência nacional em sustentabilidade após a implantação deste sistema, já que será a primeira cidade do país a contar com uma estrutura de distribuição exclusiva de biometano.
De acordo com os dados informados na reunião, a GasBrasiliano será responsável por construir 68 km de dutos desde a Usina Cocal, em Narandiba, até o perímetro urbano de Prudente, passando por Pirapozinho, num investimento aproximado de R$ 30 milhões para instalação da rede. Já a Cocal deverá investir cerca de R$ 130 milhões na produção do gás. A previsão é de que todo o sistema esteja concluído até julho de 2022. O potencial de produção da planta é de 24 mil m³/dia de biometano (8,9 MM m³/ano).
Por meio da rede de distribuição que será construída pela GasBrasiliano, o biometano (produzido a partir de vinhaça, palha e torta de filtro - resíduos do processamento da cana-de-açúcar) partirá de Narandiba, cidade onde a Cocal está localizada, e poderá atender residências, comércios, indústrias e veículos leves e pesados (GNV) de Presidente Prudente, além de Pirapozinho, também contemplada no projeto, promovendo diversidade energética, competitividade à indústria e fomento à expansão da rede em regiões mais distantes.
O projeto “Cidades Sustentáveis” vai explorar mais uma vertente energética da cana-de-açúcar, ao transformar a vinhaça, que é um rejeito, em biometano. Essa solução busca conciliar desenvolvimento regional com geração de emprego, renda, sustentabilidade socioeconômica e ambiental.
“Prudente vai se tornar referência em sustentabilidade, ao ser abastecida com uma opção energética limpa, renovável e sustentável. No que depender da Prefeitura, este projeto terá todo o suporte necessário para avançar e ser concluído com a maior brevidade possível”, declarou o prefeito Ed Thomas.

Saiba mais

O PCS (Programa Cidades Sustentáveis) é uma agenda de sustentabilidade urbana que incorpora as dimensões social, ambiental, econômica, política e cultural no planejamento municipal. Desde 2012, o PCS atua na sensibilização e mobilização de governos locais para a implementação de políticas públicas estruturantes, que contribuam para o enfrentamento da desigualdade social e para a construção de cidades mais justas e sustentáveis. Estruturado em 12 eixos temáticos, alinhados aos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), das Nações Unidas, o programa oferece ferramentas e metodologias de apoio à gestão pública e ao planejamento urbano integrado, além de mecanismos de controle social e estímulo à participação cidadã.

Parecer favorável

A Arsesp (Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de São Paulo) publicou, em dezembro de 2020, parecer favorável para a execução do projeto Cidades Sustentáveis. Com a aprovação, as empresas envolvidas comemoraram em janeiro a assinatura do contrato de compra e venda de biometano. O projeto, que inclui o plano de construção de planta de biogás, é inovador e foi lançado na Agrishow de 2019 por meio de uma parceria entre a GasBrasiliano, empresa distribuidora de gás natural que atende a região noroeste paulista, a Usina Cocal e a Sima (Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente).
 
FOTO: Marcos Sanches/Secom

prudente será abastecida com biometano a partir de julho 2022
Serão construídos 68 km de dutos, desde Narandiba até Prudente, passando por Pirapozinho

Veja também